A MWC de 2017 está a aproximar-se, o que significa que os rumores acerca do novo flagship da Samsung, o Galaxy S8, estão cada vez mais intensos e assertivos, já que o terminal poderá vir a ser apresentado nessa mesma feira.

Porém, como nós sabemos, as fabricantes de acessórios para smartphones têm acesso antecipado a desenhos e esquemas desses terminais, para que tenham os seus produtos prontos na data de lançamento dos mesmos. Principalmente quando se fala de um dos smartphones que, teoricamente, fará parte dos mais vendidos em 2017.

   

Posto isto, uma fabricante britânica de capas para smartphones revelou recentemente o design do novo Galaxy. Contudo, este não é um caso inédito, já que outra marca de capas tinha já  tinha revelado anteriormente o design do equipamento.

Embora nenhuma novidade tenha vindo com esta fuga de informação, podemos ver que, alguns aspectos foram ainda mais frisados, nomeadamente o desaparecimento do Botão Home e da traseira de vidro, que poderá vir a ser substituída pelo metal.

Mas aqui a questão fixa-se no facto de não vermos qualquer orifício dedicado ao leitor de impressões digitais, o que nos leva a querer que talvez possamos vir a ter o tão desejado sensor biométrico alojado debaixo do ecrã do Galaxy S8. E isto sim, seria uma novidade excelente e totalmente inovadora.

Podemos ver também que o Samsung Galaxy S8 irá continuar a possuir as suas laterais curvas tal como os seus antecessores, mas algo também importante de se frisar é que ainda não vimos quaisquer imagens ou render da sua versão “flat“. Isto poderá indicar que as versões dos dois equipamentos irão ter laterais curvas, sendo que as únicas diferenças estarão no seu tamanho e câmaras fotográficas.

No entanto, nem todos os utilizadores gostam desta característica. E tu, achas que esta é uma boa estratégia ou pensas que a Samsung deveria continuar a lançar uma variante com ecrã “flat“?

Talvez queiras ver:

Moto Z Play receberá Nougat no final do mês de acordo com a Motorola

Suposto Nokia 8 não passa de um protótipo da Qualcomm para demonstração

Samsung Galaxy A9 Pro (2016) chega à Europa. Brasil a seguir?