Forza Horizon 4 - Análise e Apontamentos Finais a ter em conta

Bruno Santos

Forza Horizon 4 - Análise e Apontamentos Finais a ter em contaApós um (bom) período de tempo a explorar tudo o que Forza Horizon 4 tem para oferecer, temos agora uma certeza do seu potencial, e as experiências que possibilita aos jogadores. Fica então com uma análise definitiva à nova iteração da aclamada série da Xbox.

Digo-vos, não estava à espera de gostar tanto deste jogo, como gosto de Gran Turismo. A forma como as Seasons são incorporadas, mesmo após o "término", é brilhante! Todas as semanas o mapa é alterado com a seguinte estação, o que fornece uma diversidade a nível de visuais sem precedentes. É um novo marco o que a Playground Games conseguiu, mesmo após estes anos de Horizon.

Vê ainda: Xbox One: Parceria com a Razer vai mesmo trazer o que mais desejavas

Desde os detalhes mais "in your face", até aos mais, potencialmente, menos perceptíveis. Estou a falar, por exemplo, de, após te qualificares para a próxima temporada, desbloqueares mais estações de rádio. Estas vêm complementar a selecção inicial dada (que nos faz pensar que fica aquém...), com estilos variados. É como digo, há de tudo para todos!

A nível gráfico, como podes notar pelas primeiras impressões, está soberbo! Mantenho a minha opinião, e arrisco-me a dizer, em termos visuais, é O JOGO de automóveis a bater! Desde o ambiente, até aos modelos dos carros em si, está top-notch (hehehe)! É caricato ver como uma série com aspirações há alguns anos atrás conseguiu-se estabelecer num relativo curto espaço de tempo, e dar a Gran Turismo razões para se preocupar!

É um novo marco o que a Playground Games conseguiu, mesmo após estes anos de Horizon.

Como um jogo de automóveis não existe sem... automóveis, aqui temos outro ponto positivo-ish. A variedade de carros é muita, mas com pena de recair muito nos "supercarros".

Não me levem a mal, uma pessoa deve quer mais e melhor, mas ausências como o Skyline R34 e Toyota Supra Mk. IV fazem-se sentir, especialmente para mim, por serem carros nostálgicos... Nevertheless, é suficiente para por Project Cars 2 e GT Sport JUNTOS a um canto!

As opções de customização em Forza Horizon 4 conseguem oferecer profundidade suficiente para qualquer player, newbie ou veterano, e os vinyls da comunidade permitem aos que não têm o know-how dar aquele condimento extra ao carro para ficar no ponto!

Em termos visuais, (Forza Horizon 4) é O JOGO de automóveis a bater!

Por fim temos a condução dos veículos. Aqui pode haver margem para melhoria no próximo, muito devido ao foco principal nos supercarros.

As máquinas milionárias são óptimas, mas os de gama mais baixa (inclusive alguns 4WD) que tive a oportunidade de por as mãos em cima pareciam ter a direcção de um barco.

Sendo mais concreto, o Skyline R32 e o BMW M3 Coupé, não sei se foi propositado, ou se foram prioridades, mas em certas curvas, pensava que estavam no papo, apenas para ir contra os majestosos muros de pedra de Edimburgo. Sim, experimentei com e sem assists, same result... Mas não irei prejudicar por isto, benefício da dúvida...

Veredicto: Forza Horizon 4 cumpriu o seu propósito. Fez-me lamentar não ter experienciado as iterações anteriores (DAMM YOU Gran Turismo!). Visuais fenomenais, carros fenomenais (salvo excepções...), e eventos de vários tipos para todos os fãs dos motorizados. Tirando a apresentação um pouco cringy (devido aos voice actors), temos, na boa léxica portuguesa, pano para mangas! Marquem no calendário, não se arrependerão! Atribuo a classificação final a Forza Horizon 4 de 9,5 em 10 valores.

Editores 4gnews recomendam:

FIFA 19: Ultimate Team é uma delícia para qualquer fã de futebol

Xbox One: Parceria com a Razer vai mesmo trazer o que mais desejavas

Fortnite Season 6: chegaram animais de estimação e muito mais!