Ford Mustang Lithium: totalmente elétrico e o grande concorrente aos carros da Tesla! (vídeo)

Filipe Alves
Comentar

O Ford Mustang Lithium é um dos carros que vai dar que falar no futuro. Principalmente para concorrer com os Tesla. O modelo foi revelado de forma oficial, contudo, apenas como protótipo. Ou seja, ainda não há detalhes concretos sobre o automóvel. Apenas informações que nos deixam a desejar por mais.

O Ford Mustang Lithium não foge às linhas dos Mustang's. Temos um carro com um design conhecido por todos nós e com uma imponência preponderante. Por muito que goste dos carros da Tesla, é impossível ficar indiferente a este modelo.

Algumas das características do Ford Mustang Lithium

  • Completamente elétrico
  • Carro com transmissão manual
  • 900 cavalos de potência
  • Carroçaria construída em fibra de carbono
  • Interior futurista

Ford Mustang Lithium

Este carro marca uma ponta de partida na mudança de mentalidade na Ford. Até ao momento o investimento em carros elétricos por parte da Ford começa a ser mais real, contudo, parece que o futuro passará, efetivamente, por este tipo de combustível.

Hau Thai-Tang, diretor de Compras e Desenvolvimento de Produto da Ford, referiu que “Não é segredo a Ford está a eletrificar as linhas de veículos mais populares. Este protótipo do Mustang é uma grande oportunidade para mostrar a qualidade do nosso motor elétrico e o que pode fazer pelo desempenho de um carro que todos já conhecem e amam.”

Ford Mustang Lithium

O vídeo que está acima mostra-nos como é o carro em maior detalhe e estou seriamente ansioso para ver um na vida real. Se há marca que acredito que possa competir seriamente com a Tesla são os modelos da Ford. Por muito que na Europa a Ford tenha um design mais "europeu", este Mustang é um excelente exemplo daquilo que a marca consegue fazer.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.