Facebook arranca em Portugal com concorrente ao Patreon

Filipe Alves

Já não é a primeira vez que falamos que o Facebook pretende criar um concorrente ao Patreon. O Patreon é um serviço que permite aos criadores de conteúdo dar algo extra aos fãs. Em troca esses fãs ajudam com um valor mensal.

Se há dinheiro envolvido o Facebook está lá! Isso é garantido. Hoje temos a confirmação que a rede social começará a fazer algo idêntico ao Patreon e que começará em Portugal, Espanha, Alemanha e Reino Unido.

Facebook arranca em Portugal com concorrente ao Patreon

Esta nova ferramenta dará aos criadores de conteúdo mais possibilidade para serem bem sucedidos. Como todos sabemos o Youtube ou blogs não pagam tão bem quanto as pessoas pensam. Principalmente se os criadores estão a começar.

Facebook olha para o Patreon como concorrente com a nova medida

Assim sendo, criadores de conteúdo fazem conteúdo extra ou oferecem pequenas recompensas para os fãs que os ajudam de forma monetária. O Facebook terá algo idêntico e oficializa assim o seu ataque direto à plataforma do Patreon.

Ainda que o Patreon tenha qualidade, o aumento das comissões tem deixado os criadores sem outro recurso. Esperemos que o valor que o Facebook tira será menor.

Pode-se ler no comunicado do Facebook:

"O Facebook está a expandir o teste de Subscrições de Fãs para quatro países na Europa: Reino Unido, Espanha, Alemanha e Portugal. As Subscrições de Fãs permitem que as pessoas apoiem os criadores que admiram com um pequeno pagamento mensal recorrente, em troca de recompensas como um conteúdo exclusivo ou um distintivo que demonstre o estatuto de apoiante"

"O Facebook está também a tornar o ‘Brand Collabs Manager’ disponível em países na Europa, a começar com o Reino Unido e Alemanha. O ‘Brands Collabs Manager’ permite que os anunciantes ou marcas encontrem e colaborem com criadores para oportunidades de conteúdo patrocinado no Facebook."

Com estas novas medidas, o Facebook pretende que os criadores de conteúdo consigam interagir mais com os seus seguidores. Querem também fazer que estes olhem para a plataforma com outros olhos. Pode-se ler nos objetivos do projeto:

  • "Libertar a criatividade. Possibilitar aos criadores de conteúdo a capacidade de libertarem a sua criatividade com experiências de vídeo bidirecionais mais interativas no Watch;
  • Comunidade envolvente. Disponibilizar aos criadores de conteúdo ferramentas que criem experiências mais participativas nos vídeos – continuar a conversa além do vídeo ao envolver ainda mais o seu fandom;
  • Criação de empresas. Definir criadores para o sucesso e facultar suporte e incentivos que ajudem os criadores a gerir facilmente a sua marca e a ganhar dinheiro ao fazerem o que mais gostam."

Não foi dito quanto é que será o valor do Facebook nestas doações ao criador, contudo, não se espera que seja um serviço grátis. Porém, se for menor que o Patreon, é sempre bem-vindo.

Editores 4gnews recomendam:

Crackdown 3 é sinónimo de diversão, mas pode ainda melhorar muito!

Nova atualização traz o ‘Modo Sentinela’ e ‘Modo Cão’ para os Tesla

Nova Xiaomi MIUI 10 traz o ‘Dark Mode’ ao teu smartphone!

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.