Huawei Android Padrões de Comunidade Facebook Cambridge Analytica
A rede social de Mark Zuckerberg rompeu com a tecnológica chinesa ©Dado Ruvic/Reuters

Facebook. PrivacidadeCambridge Analitica. Huawei. Três entidades e um valor absoluto que tem sido alvo de sucessivas violações, tratamento ligeiro e constantes arremessos por parte de gigantes tecnológicas.

Tema que será lembrado como um dos maiores escândalos no início de 2018 e que colocou todo o Facebook em cheque. Entretanto, também a tecnológica Huawei viu frustradas todas as suas tentativas de entrada em força no 3º maior mercado mundial de smartphones.

Vê ainda: Facebook dará maior controlo aos utilizadores sobe a sua privacidade

Avança a CNBC que o Facebook cessará a sua parceria com a tecnológica chinesa, Huawei, já no final desta semana. Tudo isto ainda devido ao rescaldo do escândalo em torno das informações e dados dos utilizadores.

O motivo que terá levado à quebra de relações entre o Facebook e a Huawei prender-se-á com o acesso às informações dos utilizadores por parte da fabricante Android. Na prática, a Huawei tem acesso às informações dos utilizadores da rede social através dos seus smartphones.

Facebook rompe parceria com a tecnológica Huawei

Note-se que já desde o início do ano que a tecnológica chinesa foi identificada pelas agências de informação e segurança dos Estados Unidos da América como um risco. Desde o FBI à NSA, todas as agências consideram esta fabricante Android numa potencial fornecedora de informações pessoais ao governo chinês. O caso tem sido amplamente coberto na 4gnews. Neste momento a Huawei optou por operar uma retirada estratégica do 3º maior mercado mundial de smartphones e dispositivos móveis.Huawei Padrões da Comunidade Facebook

Perante o atual cenário de desconfiança para com a fabricante chinesa, a empresa de Mark Zuckerberg decidiu cortar relações. O clima crispado entre Washington e as fabricantes chinesas tem-se agravado nos últimos meses, sendo a decisão do Facebook expectável.

Mais ainda, o Facebook cita várias fabricantes chinesas como a Huawei, Lenovo, Oppo e TCL. Estas sendo algumas das fabricantes Android com acesso às informações dos utilizadores do Facebook nos respectivos dispositivos móveis.

A privacidade dos utilizadores…

Por sua vez, também o Facebook enfrenta uma crise de confiança em todas as frentes. Afirmando que estas fabricantes tinham acesso “controlado” a certas informações aprovadas pela rede social. Ainda assim, decidem agora cortar todo o potencial de risco.

Já a fabricante Android afirmou esta semana que nunca recolheu ou armazenou dados dos utilizadores do Facebook através dos seus equipamentos.

Esclarecendo o assunto, o porta-voz da fabricante chinesa, Joe Kelly afirma que o acordo existente entre ambas as empresas visa tornar mais convenientes os serviços da rede social para os utilizadores.

Acordo este que chega ao fim esta semana.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Honor Play é o 1.º smartphone com a nova tecnologia da Huawei

Umidigi compara o seu Umidigi Z2 ao Huawei P20

Honor, a sub-marca da Huawei promete elevar a experiência de jogo

Fonte

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).