microsoft-edge-browser

Durante muito anos o Internet Explorer era o web browser mais utilizado no Windows. Contudo ao longo dos anos o mesmo foi perdendo força, muito derivado à feroz concorrência que foi aparecendo. Para contrariar esta tendência a gigante de Redmond lançou, juntamente com o Windows 10, um browser completamente redesenhado, o Microsoft Edge.

Este novo Edge tem vindo a obter resultados interessantes, mas ainda não conseguiu captar a atenção dos utilizadores ao modo de mudarem de navegador. Uma das causas é a ainda inexistência de extensões, algo que a Microsoft trará ao Microsoft Edge mais lá para o verão de 2016.

   

Se a Microsoft queria realmente aproximar-se da concorrência, deveria ter incluído esta funcionalidade logo no dia em que disponibilizou o Windows  Contudo tal não sucedeu e a empresa referiu na altura que as extensões chegariam até ao final deste ano.

Vê ainda: Windows 10 permitirá enviar SMS’s diretamente do teu PC

microsoft-edge-barra

Acontece que com aproximar do lançamento do primeiro grande pacote de correções para o Windows 10, nada apareceu no programa Insider, o que praticamente inviabiliza a disponibilização das extensões na próxima Threshold 2. Olhando para o calendário de atualizações da Microsoft, isto significa que este suporte deverá apenas chegar aquando da disponibilização da atualização Redstone no verão do próximo ano.

O processo de introdução de extensões no Microsoft Edge deverá ser algo semelhante ao que a empresa idealizou para as aplicações Android. Ou seja, será criado um programa específico que facilitará aos desenvolvedores migrar as suas extensões do Chrome para o Edge com o menor esforço possível.

Espera-se então que aquando da disponibilização do suporte para as extensões exista já uma oferta interessante. Só aí o Edge será verdadeiramente capaz de olhar os seus concorrentes olhos nos olhos.

Talvez queiras ver:

FonteWinBeta
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.