Este Xiaomi tem das melhores câmaras do mundo, mas há um senão

Bruno Coelho
Comentar

A Xiaomi deu passos de gigante na qualidade das câmaras dos seus smartphones topo de gama em 2021. Destaque para a linha Mi 11, que conta com quatro smartphones: Mi 11i, Mi 11, Mi 11 Pro e Mi 11 Ultra.

O Mi 11 Pro foi último destes equipamentos a ser testado pelos especialistas da DxOMark. Os resultados dos testes revelam que é um verdadeiro “líder da classe”, com uma pontuação geral de 128 pontos.

Esta pontuação coloca-o à frente de qualquer terminal na faixa de preço dos 600 a 800 dólares, como o OnePlus 9 ou o Galaxy S21. O grande senão é que este dispositivo não se encontra à venda globalmente, tendo os interessados que o importar da China.

Pontuação de câmaras do Xiaomi Mi 11 Pro na DxOMark
Pontuação de câmaras do Xiaomi Mi 11 Pro na DxOMark

Pontos fortes das câmaras do Xiaomi Mi 11 Pro

  • Altos detalhes, especialmente em fotos e vídeos ao ar livre
  • Ruído bem controlado na maioria das fotos
  • Exposição precisa com ampla faixa dinâmica em fotos e vídeos
  • O equilíbrio de brancos é mais preciso em fotos e vídeos
  • Bons detalhes e renderização agradável em fotos telefoto de perto e de longo alcance
  • O desempenho do bokeh é estável na maioria das condições de iluminação
  • Estabilização de vídeo eficaz

Pontos fracos das câmaras do Xiaomi Mi 11 Pro

  • Focagem automática lenta em fotos HDR e com pouca luz
  • Instabilidades de focagem automático de vídeo
  • Instabilidade de exposição e equilíbrio de brancos em fotos
  • Compressão de tons visível em algumas fotos HDR
  • Artefactos fantasma, mudança de matiz e quantização de cores geralmente visíveis em fotos
  • Ligeiro ruído cromático visível na maioria das fotos
  • Ruído forte no sujeito em movimento em vídeos com pouca luz
  • Quantização de cores e artefactos de moiré geralmente visíveis em vídeos
  • Diferença entre a nitidez dos frames em vídeos com pouca luz

Como sempre, os testes da DxOMark devem ser olhados como apenas mais um barómetro na hora de adquirir um novo smartphone. Mas a julgar pelos resultados, é pena que o Mi 11 Pro não tenha tido direito a versão global.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.