Samsung Galaxy S7 4gnews 2

TouchWiz é aquela skin que divide opiniões, desde sempre. Os mais extremistas dirão até que esta identidade associada à Samsung e implementada nos seus smartphones Android, tem tanto de bom como de mau e, por isso, é o espelho do Android Puro por completo.

Porém, e sem qualquer tipo de contestação, a TouchWiz tem vindo a sofrer modificações nos últimos anos e, agora mais do que nunca, está mais parecida ao Stock Android, se assim pode ser comparado. Isto porque a Samsung tem diminuído a quantidade de cores berrantes e chamativas na interface, tem apelado a um maior minimalismo e, ainda para mais, tornado esta skin mais leve e eficiente.

   

Mas deixemo-nos de histórias e passemos à ação. A poucos meses de receber o Android 7.0, os Galaxy S7 e S7 Edge terão também direito à nova Grace UX – que tinha sido apresentada com o falecido Note 7 – e as melhorias e alterações são mais que muitas e altamente bem-vindas. Começando com o ecrã bloqueado, observam-se as primeiras diferenças no modo “Always On Display“. Agora, não só será possível adaptar novas formas de ver as horas e minutos como também, ao pressionar sobre o ícone de uma notificação, saber a que se deve a mesma.

15064083_1292609534123868_302232290_o

Em segundo lugar, e indo de encontro ao que acontece por exemplo no iPhone ou em alguns Huawei, ao abrir uma pasta de aplicações, não mais se verá em redor dessas o perímetro da pasta em si. Em vez disso, todo o fundo ficará fosco. O mesmo acontece durante a realização de chamadas telefónicas.

Em terceira instancia, Definições e Painel de Notificações foram alterados. No caso do menu das Definições, não só as cores foram alteradas, bem como os seus ícones. Contudo, as melhorias não se ficam por aí e, tal como acontece no Windows 10 Mobile, foram atribuídas categorias (como Ecrã) seguidas de pequenos detalhes (como Brilho ou Tipo de letra) que facilitarão e muito a descoberta daquilo que é pretendido. Quanto ao Painel e Barra de Notificações, aqui é bastante significativo que o minimalismo é agora o principal destaque. E, para não esquecer, foi também adicionada aquela função para leitura (principalmente à noite) que retira os "azuis" do ecrã de modo a não ferir tanto os olhos do utilizador - finalmente!

15034215_1292613054123516_992909376_o-min-min

Nesta nova TouchWiz também se pode dizer "olá" ao novo Modo de Poupança de Energia, Otimizador da Performance e Mudança da Resolução do Ecrã. Vamos por partes: os dois primeiros permitem ao utilizador dos S7 e S7 Edge a tomada de decisão acerca de como quer que o seu dispositivo se comporte. Com alta ou baixa performance e as respetivas limitações de cada uma dessas opções, como a autonomia no primeiro caso e a resolução do ecrã no segundo. Isto porque, tal como se tinha visto no Note 7, e é com a maior das alegrias que escrevo excerto do artigo, é possível optar por usar uma resolução HD, Full-HD ou Quad-HD nestes smartphones. Pode parecer algo esquisito comprar-se um smartphone com um ecrã 2K e querer depois ter a opção de reduzir para HD, mas nada é esquisito se a razão for a autonomia! Acho que me fiz entender.

15053178_1292619997456155_825733991_o-min

Em quarto lugar, uma interface bem mais simples na aplicação da Câmara. Composta por gestos e deslizes, esta mudança assemelha esta "Câmara" a tantas outras, para melhor, e fará aumentar o gosto pela fotografia, ainda para mais nestes smartphones tão capazes no que toca à captura de imagem e vídeo.

screenshot-20161109-164439-min

Estas são apenas algumas das inúmeras alterações que se seguem com a entrada desta Grace UX nos flagships de março deste ano lançados pela Samsung. Espera-se que fiquem disponíveis o quanto antes para o grande público, uma vez que já podem ser utilizados sob a forma de versão beta. Há que aguardar um pouco mais. Nunca ansiei tanto por uma TouchWiz como desta vez.

Talvez queiras ver:

iPhone 7 Plus explode depois de uma queda acidental

WhatsApp: nova opção de segurança e mensagens de voz em background disponiveis na versão beta

Huawei P10: Serão estas as especificações do próximo topo de gama?

ViaPhoneArena
Desde cedo comecei a interessar-me pelo que podia fazer no computador. Porém, a grande paixão surgiu com o primeiro telemóvel e complementou-se com os smartphones. Nada há a dizer, são simplesmente fantásticos e úteis em todo o tipo de situações.