Estados Unidos acaba com a Neutralidade da Internet
A Internet deixa de ser livre com o fim da Neutralidade

Neutralidade da Internet é um tema que deve ser discutido de forma séria. Foi assim durante meses. Mas hoje o final da discussão chegou. A FCC (Federal Communications Commission) decretou o final da Neutralidade da Internet nos Estados Unidos.

Como referi, este assunto deve ser abordado com cuidado porque é simples dizer que se quer uma internet livre, mas existem outras implicações que devem ser postas em causa.

Vê ainda: Vota nos prémios 4gnews! “Melhor Smartphone do Ano, Marca Revelação e Melhor Design”

Ajit Pai, Presidente executivo da FCC, afirmou que o fim da Neutralidade de Internet daria asas a mais competição entre os operadores. Faria com que os provedores de serviços se dedicassem a trazer mais e melhor qualidade ao público em geral.

Escusado será dizer que quem ganha neste fim da Neutralidade da Internet são essas empresas que prestam serviços. Empresas que se podem equiparar à MEO, Vodafone ou NOS de Portugal, tem agora a possibilidade de limitar, terminar ou até descriminar websites que não considerem vantajosos para o seu negócio.

A Neutralidade da Internet merece ser preservada!

A melhor forma de perceber com poucas frases simples o que é a Neutralidade da Internet é fazendo uma rápida procura no Google. A pesquisa determina que: A Neutralidade da Internet é “o princípio de que os provedores de serviços de Internet devem permitir o acesso a todos os conteúdos e aplicativos independentemente da fonte e sem favorecer ou bloquear determinados produtos ou sites.”

Isto significa que depois da decisão de hoje, que acabou por 3 votos contra a Neutralidade e 2 a favor, as operadoras são donas e senhoras da “rede” nos Estados Unidos. A partir deste momento, se a operadora achar mais vantajoso que tenhas de pagar mais para usar o Google em vez de Bing, podem-no fazer.

Vê também: Disney adquiriu parte da Fox por cerca de 52 mil milhões de dólares

Se acharem que a 4gnews é um site que não gosta deles e fala a verdade, podem simplesmente dar uma velocidade péssima a quem quer entrar no nosso site. Numa definição simples, é uma “ditadura escondida”. Quem manda a partir deste momento são as operadoras.

O povo norte-americano bem protestou mas de nada adiantou. Esperemos sinceramente que este tipo de ideia não chegue a Portugal. A internet deve ser livre e se as operadoras não ganham o suficiente com isso, que dêem espaço aos mais pequenos para investir.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Google Fotos armazenará automaticamente as fotos do PhotoScan

Microsoft Bing será dotado de Inteligência Artificial. Cuidado Google!

Samsung Galaxy S9 – Vídeo mostra possível aspecto do smartphone

ViaThe Verge
FonteFCC
Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.