Estados Unidos e China podem estar perto de chegar a acordo

António Guimarães
1 comentário

De acordo com um tweet do Presidente Donald Trump, os Estados Unidos e China podem estar bastante perto de finalmente chegar a um acordo. Ambas as nações tem andado em conflito numa guerra comercial por causa das taxas exportação e importação.

Getting VERY close to a BIG DEAL with China. They want it, and so do we!

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) 12 de dezembro de 2019

Atualmente, as taxas de exportação que os Estados Unidos aplicaram à China afetaram cerca de 150 mil milhões de dólares em produtos. Caso entrem em acordo, as taxas serão baixadas dos dois lados para que produtos chineses possam ser mais facilmente comercializados em território americano e vice-versa.

Será favorável se este acordo for fechado antes do dia 15 de dezembro, pois essa data marca o início de implementação de taxas adicionais. Estas afetarão todo o tipo de tecnologias vindas da China desde consolas, telemóveis, monitores e até mesmo vestuário. Já na China, as tarifas irão afetar produtos americanos como carros e peças de automóveis.

Os próximos dois dias serão então decisivos para que os Estados Unidos ou a China se pronunciem oficialmente sobre o assunto. É provável que Donald Trump publique logo no Twitter, devido ao seu histórico na rede social.

Um acordo destes pode "salvar" a Huawei

Escusado será dizer que a empresa que mais pode beneficiar deste acordo é a Huawei. A empresa ficou proibida de beneficiar de tecnologia americana, como os serviços da Google, graças ao banimento dos Estados Unidos.

A verdade é que a Huawei não foi banida exactamente pela guerra comercial mas por suspeitas de espionagem. Seja como for, um acordo entre os Estados Unidos e China irá certamente suavizar a situação para todas as partes envolvidas.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.