Elon Musk acaba com falhas de rede móvel 5G com os Starlink V2 Satellites da SpaceX

Rui Bacelar
Comentar

O fim das zonas mortas, sem cobertura de sinal de rede móvel 5G. Esta é a promessa de Elon Musk e do serviço Starlink da SpaceX na recente conferência de imprensa. Em causa está a parceria entre a operadora norte-americana T-Mobile com a empresa de exploração espacial de Elon Musk. Ainda há um (considerável) período de espera, mas em causa está uma revolução no setor.

O evento, orquestrado pela operadora norte-americana, contou com a presença de Elon Musk e a CEO da T-Mobile, Mike Sievert. Teve como mote a promessa de "Coverage Above and Beyond", ou cobertura integral em qualquer ponto do globo. Promete um serviço de rede móvel 5G (no futuro), e introduz-nos a geração de satélites Starlink V2 Satellites da SpaceX.

Rede móvel 5G com velocidades até 4 Mb/s com os Starlink V2 Satellites da SpaceX

Starlink V2, launching next year, will transmit direct to mobile phones, eliminating dead zones worldwide

— Elon Musk (@elonmusk) 26 de agosto de 2022

O setup inicial apresenta velocidades irrisórias de tão modestas que são, com valores anunciados entre os 2 MB/s e os 4 MB/s no máximo. Em troca, contudo, os satélites de segunda geração, os Starlink V2 Satellites da SpaceX prometem acabar já com os pontos mortos em qualquer ponto do globo.

Esta iniciativa conjunta permitirá que, na próxima deslocação a uma área remota, de floresta densa, ou simplesmente afastado da civilização, sem cobertura móvel tradicional, tenhamos acesso às comunicações.

De acordo com Musk, este valor, apesar de diminuto, permitirá fazer chamadas de voz e enviar mensagens de texto, as SMS's em qualquer área. Será, o essencial para sobreviver numa situação de emergência, aponta o executivo da SpaceX.

Note, connectivity will be 2 to 4 Mbits per cell zone, so will work great for texting & voice calls, but not high bandwidth

— Elon Musk (@elonmusk) 26 de agosto de 2022

Para Musk, a verdadeira beleza dos satélites de segunda geração reside na possibilidade de salvarem vidas. Fá-lo-ão ao garantir uma cobertura de rede móvel mesmo nas áreas mais recônditas do globo. Em suma, para que quando seja necessário pedir ajuda, exista forma de o fazer com os smartphones 5G existentes.

Nova geração de satélites Starlink será colocada em órbita em 2023 pela SpaceX

This new plan with @TMobile is the first step toward global direct to cell connectivity → https://t.co/CVxibtrKIS

— SpaceX (@SpaceX) 26 de agosto de 2022

A colaboração entre ambas as empresas norte-americanas é oficial e encontra-se especificada na página própria da SpaceX. Na prática, tal como atualmente disponibiliza acesso à Internet por satélite, o Starlink disponibilizará ligação à rede móvel por satélite.

À medida que a sua constelação de satélites aumenta, também a capacidade e cobertura global melhorará, sobretudo a partir do próximo ano. Tal como informa Musk, em 2023 a sua SpaceX começará a colocar em órbita uma nova (a segunda) geração de satélites de comunicações, preparados também para a transmissão de rede móvel. Será um esforço gradual e faseado.

Cobertura global para a rede móvel da norte-americana T-Mobile

Space X

O serviço permitirá assim a entusiastas das atividades ao ar livre ter sempre um meio de comunicação. Algo que se pode revelar crucial em emergências, catástrofes naturais, entre outros cenários anómalos.

Para já, contudo, o foco centra-se na abrangência do serviço, no lançamento dos novos satélites e no início da disponibilização do seu serviço. Posteriormente, numa segunda fase, a ênfase será colocada em aumentar a largura de banda e velocidade do mesmo.

Por fim, Musk convida as operadoras de todo o mundo a tirar partido das capacidades dos seus os Starlink V2 Satellites. Desse modo, num futuro próximo poderemos ter mais operadoras a garantir a cobertura global dos seus serviços.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com