Quem me conhece sabe que não sou um gajo fit. Tenho de admitir que à medida que o tempo passa a minha vida fica cada vez mais sedentária e isso é mau, ponto final.

Por isso olhei com felicidade quando a Efox me perguntou se queria testar uma nova smartband da Cubot. A empresa Cubot já não é desconhecida para quem acompanha o mundo da tecnologia, a marca Chinesa tem feito um trabalho de louvar no que toca a smartphones, por isso acreditei que fosse o mesmo num gadget destinado a fitness.

   

Sabe mais sobre preços e envios aqui

Como sou um apaixonado pela elegância no pulso, não fiquei muito feliz quando tive de a pôr no pulso. A Cubot V2 pode ter um preço fantástico e ser bem interessante mas, na minha opinião, falta-lhe um design mais elegante. A pulseira é tudo menos disfarçada. Quando se olha para o pulso sabes que tens ali um pedaço de tecnologia e não é algo que goste de exibir ao mundo.

Cubot V2_ quilómetros percorridos

O “grande” ecrã é ilustrado com informações num azul brilhante que mesmo em situações onde o sol insídia diretamente não tive problemas de visualização. Sendo ela um gadget sem botões físicos, tudo funciona com pequenos toques no ecrã. Estes toque são responsivos e não te verás chateado por falta de resposta.

Sabe mais sobre preços e envios aqui

No ecrã contarás com informações sobre a hora, data e autonomia no “ecrã principal”. Deslizando terás também passos dados, quilómetros percorridos, calorias queimadas e ainda leitor de batimentos cardíacos. Este leitor sentiu dificuldade em detectar rapidamente os batimentos se o pulso a ser testado for povoado por pêlo, tal como o meu.

App Cubot V2: Testado em Android e iOS

Em si, a CUBOT V2 pode até ser um pouco desengonçada esteticamente (gostos são relativos), mas faz o que promete e 95% das vezes bem feito. Quando passamos para o software coisa fica ainda mais interessante.

Infelizmente o software, que está disponível em aplicação para Android e iOS, não tem língua Portuguesa, só mesmo a Inglesa, mas mesmo assim é bastante completa.

Sabe mais sobre preços e envios aqui

A app não só dá para tu estipulares um objectivo como podes também controlar e visualizar tudo aquilo que tens feito no dia, semana e mês.

Sensor de batimentos cardíacos ativado

O emparelhamento é simples e eficaz e não sentirás problemas de conexão nem em iOS ou Android. Se saíres para uma corrida sem o smartphone, mal te conectas novamente os dados são transferidos de imediato para a aplicação.

Para terminar esta pequena review, há uma situação que melhoraria neste gadget. O carregamento é feito por MicroUSB, algo que pode ser problemático na resistência à água se não fechares bem a sua entrada de carregamento.

Cubot V2: conector em metal

A autonomia para 4 dias fez-me sentir finalmente satisfeito e honestamente tinha saudade de poder ter um gadget com tamanha bateria.

Sabe mais sobre preços e envios aqui

Em suma, esta CUBOT V2 é perfeita se estás à procura de uma smartband boa e barata. Tem as suas limitações como a língua e design (mais uma vez, gostos discutem-se), contudo, os aspectos positivos fazem dela um gadget a ser desejado, tão desejado que a minha mãe acabou por se apoderar dela de tão apaixonada que ficou.

Vê outras reviews:

6 smartphones para este Natal – Guia de compras #2

Huawei Nova: Análise / Review em Português

Vphone S8 Mini | Review ao smartphone mais pequeno do mundo