Coronavírus: YouTube vai começar a mostrar vídeos de "confiança" na página principal

António Guimarães
Comentar

O YouTube anunciou que vai passar a dedicar uma parte da sua página principal a vídeos sobre o Coronavírus. Como esperado, o conteúdo lá colocado será curado pela equipa do YouTube, para garantir que é informativo e não espalha notícias falsas sobre a pandemia.

As fontes serão de notícias locais e autoridades de saúde, sendo que o objetivo é providenciar os utilizadores com conteúdo útil mal entrem no site. A verdade é que como qualquer situação de gravidade, haverão pessoas a criar conteúdos falsos ou sensacionalistas, para arrecadar visualizações ou dinheiro.

dfd

O YouTube não revelou exatamente como irá promover os vídeos sobre o Coronavírus na página inicial mas será provavelmente através do seu algoritmo. Além disso, fatores como a popularidade do vídeo, tempo de lançamento e relevância para o país do utilizador serão também considerados.

A maioria das empresas e redes sociais estão a lutar contra desinformação

Facebook, Twitter, Reddit e Google estão a fazer o que podem para combater o que consideram conteúdo não informativo sobre o Coronavírus. Inclusive, as empresas mencionadas criaram um grupo para combater fraude e desinformação sobre a doença. As medidas passam por bloquear anúncios ou conteúdos que vendam máscaras cirúrgicas, por exemplo

O YouTube já utilizou este tipo de destaque para promover conteúdos importantes no passado. Em relação ao COVID-19, a plataforma pretende lançar os vídeos na página principal apenas em 16 países para começar.

Alguns dos países são Estados Unidos, Reino Unido, Brasil, Índia, Alemanha, França, Itália e Japão. Contudo, o YouTube já afirmou que pretende expandir para mais territórios.

Editores 4gnews recomendam:

António Guimarães
António Guimarães
Juntamente com os seus atuais companheiros Mi A2 e Surface Go, batalha para elucidar as massas sobre todos os acontecimentos da esfera tecnológica. "Informação é poder" é a frase que o acompanha diariamente. Talvez um dia a coloque numa t-shirt.