comicon-4gnews-12

Chegando aos pavilhões da Exponor a entrada fez-se calmamente e pude denotar, desde logo, uma competente e numerosa equipa de voluntários que nos guiaram, viajantes de primeira aventura, até ao “portal” para a dimensão fantástica e mágica da convenção. A escala do evento revelou-se imediatamente perante os nossos olhos, nesse dia em que 30 mil visitantes rumaram a Matosinhos no terceiro dia da Comic Con Portugal 2016 mas nada nos preparou para o que aí iríamos encontrar…

Vê também: Preço de venda do futuro Nokia D1C vai começar nos 150€?

   

Na Comic Con Portugal podes ser quem quiseres, podes vestir-te como quiseres, de quem quiseres e ninguém te julga. A Comic Con Portugal é um refúgio para o formalismo e azáfama diária. Mas, esses males ficam no mundo, lá fora.

Cosplay e Séries

Um bem-haja a todos os adeptos de Cosplay, sem vocês a Comic Con Portugal seria desprovida de nexo, de cor e de vida. Seria mais um certame dedicado às marcas, ao marketing e publicidade, algo que mesmo assim se fez sentir de forma especialmente intensa no pavilhão Gaming, a indústria que move milhares e soma milhões.

Ah! Seja como for, o espírito da Comicon está inexoravelmente guardado e estimado na criatividade das milhares de pessoas que anualmente visitam este certame. Apesar de este ano o número de Harley Quinn's ser especialmente elevado e o número de Naruto's estar em baixa.

comicon-4gnews4

A atmosfera da Comic Con Portugal é construída pelos Cosplayer's, pelos super-heróis e personagens fantásticas (mais ou menos produzidas) e que fazem justiça ao própria tema desta convenção #BeWhateverYouWant. O universo Star Wars é sempre um dos mais procurados ao qual se juntam as temáticas populares como a Guerra dos Tronos, DC, Marvel e claro, o infindável mundo da cultura japonesa vertido na Manga e nos Animes.

O mundo das séries, com direito a pavilhão próprio, presenteou-nos com alguns teasers, várias parafernália associada às séries mais em voga, desde WestWorld ao Game of Thrones, os fãs sentem-se estimados na Comic Con Portugal. Entre cenários e decorações, o ambiente estava louvavelmente bem conseguido, exemplo disso é o Sallon de WestWorld ou o Trono de Ferro do universo criado por George RR Martin.

comicon-4gnews2

Gaming, Gaming e mais Gaming

Com pavilhão e auditórios dedicados, o universo gaming impressiona pela escala, pelo poder de sedução para milhares de crianças que lá passaram o dia em frente ao ecrã ou, no auditório, a assistir a vários torneios de jogos. Nas palavras da Margarida "assustador", ao que respondi prontamente, "eu disse-te, isto é o novo canal Panda".

Aqui notava-se o investimento forte de várias marcas, várias plataformas e várias lojas para seduzir este público jovem e facilmente impressionável. Imensos stands com consolas povoavam a área mais popular da Comic Con Portugal. Nunca um segmento de mercado floresceu tanto devido a quem não tem, ou cujo poder de compra é negligenciável. Foi um autêntico choque com a realidade, até para mim que estou mais atento a este tópico.

YouTube vence Hollywood

Pelo menos em Portugal, pelo menos na Comic Con Portugal, pelo menos no impacto causado no público pela presença de YouTuber's como o Wuant e estrelas de Hollywood como Cobie Smulders. Pude testemunhar esta diferença de tratamentos quando, simultaneamente, Cobie Smulders e antes dela o ator que deu vida à personagem de Lucius Malfoy do universo Harry Potter estavam a dar autógrafos ao mesmo tempo que um painel de YouTuber's nacionais estavam a fazer o mesmo, no mesmo pavilhão.

Ouvem-se os gritos do público, uma correria, as pessoas amontoa-se para tocar no seu YouTuber favorito, para conseguir um autógrafo (alguns deles em lágrimas), outros ao colo dos pais que não tinham outra alternativa senão aceder à vontade dos filhos. Foi impressionante. Em Portugal a fórmula Gaming+YouTube consegue superar o impacto causado pelos rostos de Hollywood.

Comic Con Portugal, arte e criatividade

comicon-4gnews-bd

No pavilhão dedicado aos artistas e algumas lojas ligadas às artes e tantas outras de parafernália e acessórios de todos os universos fantásticos, encontramos das mais genuínas criações como as caricaturas na hora, os posters desenhados à nossa frente. Ficamos a conhecer os artistas e o que de melhor se faz em Portugal nesta área. Aqui já se respira, aqui pode-se comprar um desenho, um esboço, uma aguarela. Um cantinho para as artes, um cantinho para quem cria todo o universo que se reúne anualmente na Comic Con Portugal.

Foi uma experiencia única, a repetir, algo cansativa pelos kilómetros percorridos dentro do recinto mas uma experiência gratificante e que nos deixa bem-dispostos. É um outro mundo, um pouco caro, tanto no bilhete como nos variadíssimos artigos e refeições vendidas no interior mas foi bom marcar presença nesta Comic Con Portugal. Para o ano lá estaremos.

Talvez queiras ver:

Serão estas as linhas do Samsung Galaxy S8?

Já podes fazer upload de vídeos em HD para o teu Facebook no teu Android

Passado e Futuro: como será 2017 para a Microsoft no mercado Mobile

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).