Comando do Google Stadia dispensará qualquer ligação com fios em 2020

Carlos Oliveira
Comentar

Uma das desvantagens do uso do Google Stadia num smartphone ou tablet é obrigatoriedade de ter de conectar o seu comando através de um cabo USB-C. Contudo, este cenário irá mudar já no próximo ano.

A Google anunciou que, em 2020, passará a ser possível usar o comando do Stadia em qualquer smartphone, tablet ou PC, sem fios. Ainda assim, a empresa não revela quando, exatamente, esta opção passará a estar disponível.

Enquanto tal não se concretizar, será necessário um cabo USB-C para poder ligar este comando ao smartphone. Não é o fim do mundo, mas será mais vantajoso poder usar este acessório sem qualquer fio.

Google Stadia comando

No entretanto, é possível tirar partido de um comando de terceiros para jogar os jogos do Google Stadia. Muitos controladores desenvolvidos para a Xbox, PlayStation ou Nintendo Swtich podem ser conectados a um smartphone via Bluetooth.

Portugal está fora dos países de lançamento do Google Stadia

Tal como vem a acontecer com vários produtos da Google, o Stadia passou literalmente ao lado de Portugal. A gigante norte-americana não viu vantagens em trazer este serviço de gaming em streaming para o nosso país, porém, Espanha foi contemplada.

As razões para tal não são conhecidas, mas agora que a Google Assistant já fala português há uma maior esperança de que este e outros serviços cheguem a Portugal. Tal poderá acontecer caso a Google decida alargar a área de abrangência do Stadia.

Por enquanto, são apenas 14 os países com acesso ao Google Stadia. Dada a natureza deste serviço, só vemos vantagens para o alargamento dos mercados contemplados.

O gaming é uma área que ultrapassa fronteiras e idades. Com um serviço como o Google Stadia, o nosso hardware deixa de ser um entrave, pois esse processo é realizado nos servidores da Google. Mediante uma mensalidade, temos todos os jogos disponíveis no smartphone, televisão, PC ou tablet.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.