Comando da PlayStation 5 é considerado o melhor de sempre

Bruno Coelho
Comentar

Os prémios British Academy of Film and Television Arts, mais conhecidos como BAFTA, podem ser mais nomeados por premiar filmes ou séries. Mas a mais recente premiação foi mesmo para o melhor comando de consola de sempre.

Numa competição amigável promovida pelos BAFTA Games, vários comandos de consola foram colocados em confronto. E no final das contas acabou por ser o DualSense, comando da PlayStation 5, o escolhido pelos fãs.

The BEST CONTROLLER EVER TOURNAMENT (our friendly competition!) has come to an end, and you have decided the ultimate winner with the DualSense taking the crown 🥇🎮Reminder: you can watch the #BAFTAGames Awards on 7 April 2022 on all major social and online platforms🏆 pic.twitter.com/wGH5zKdosI

— BAFTA Games (@BAFTAGames) 27 de março de 2022

Tal como referimos acima, esta foi uma competição amigável totalmente decidida pelos fãs. Pelo que deverá ser tida em conta essa forma democrática de eleger o vencedor de melhor comando a concurso.

DualSense bate DualShock com 72,6% dos votos

Curiosamente, o DualSense defrontou o clássico DualShock da PlayStation na final. Mas acabaria por o escolhido com 72,6% dos votos, contra 27,4% de um dos seus antecessores nas consolas da Sony.

Em competição encontramos também o comando de outras consolas clássicas como a SNES, Dreamcast, Mega Drive, Wii, Switch, GameCube, ou Nintendo 64. Mas foi o comando lançado com a PS5 em novembro de 2020 a conquistar.

Originalmente o DualShock foi lançado em 1998, e acabaria por ser a base dos comandos das consolas da Sony até à data. O DualSense é a sua versão mais arrojada, embora mantenha a base de design que bem conhecemos.

Concordas com a decisão dos fãs na escolha de melhor comando de consola de sempre? Diz-nos nos comentários qual seria a tua escolha.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.