acernew_logo

Quem comprou um dispositivo da Acer na loja da empresa tem algumas hipóteses de ter sido vítima de uma apropriação de informações dos seus cartões de crédito por terceiros.

Vê ainda: iPhone 7 Plus: Nova imagem confirma a dual-câmara traseira

   

A empresa sediada em Taiwan informou o Procurador-Geral da Califórnia que os hijackers conseguiram rapinar informações dos clientes como nomes, moradas, números dos cartões, respectivas datas de validade e os três dígitos de segurança dos cartões de crédito dos compradores que efectuaram transacções entre o dia 12 de Maio de 2015 e o passado dia 28 de Abril de 2016.

Ao que se sabe os clientes afectados são dos Estados Unidos, Canadá e Porto Rico. Não sabemos se há clientes portugueses afectados pela situação. Porém, há fortes probabilidades de termos algum leitor português ou luso-descendente que resida num desses países, dada a nossa vasta comunidade de emigrantes (da qual não nos esquecemos e orgulhamos bastante), por isso consideramos extremamente pertinente avançar com esta notícia para que, caso sejas um dos visados e estejas a ler isto, tomes as devidas providências.

Apesar de o episódio não ser particularmente grande, este é um dos poucos casos em já vimos envolvida uma loja online de uma grande empresa de computadores. A Acer ainda não revelou como é que tal situação aconteceu mas tais violações são geralmente resultado de acções de funcionários que abrem correio electrónico infectado e não resultado de qualquer tipo de pirataria maluca. O que, no fim do dia, serve de lição para quem lida com este tipo de informações.

Talvez querias ver:

Viaengadget
FonteState of California Department of Justice

Tech Editor aqui na tua, nossa e vossa 4gnews, onde a tecnologia é falada em Português. Repórter ocasional e legal hacker. Orgulhosamente nascido no ano em que a Word Wide Web foi inventada, a Nintendo lançou o Game Boy, o primeiro episódio dos Simpsons foi para o ar e o Muro de Berlim caiu.