Biden atira-se ao Facebook: “eles estão a matar pessoas”. Facebook responde

Bruno Coelho
Comentar

A desinformação sobre as vacinas contra a Covid-19 é uma realidade. E o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, atirou-se esta sexta-feira às redes sociais como o Facebook, acusando-as de estarem a matar pessoas.

“Eles estão a matar pessoas. A única pandemia que temos está a afetar pessoas que não foram vacinadas”, afirmou Joe Biden. Quem cita o presidente norte-americano é a agência francesa France Presse, que esclarece que o presidente terá sido questionado sobre “plataformas como o Facebook”, como explica o Engadget.

Estas declarações surgiram um dia após o cirurgião-geral dos Estados Unidos, Vivek Murthy, ter falado sobre os perigos da desinformação das vacinas. Pede-se assim ao Facebook e outras plataformas que façam mais para o evitar.

Sendo a rede social diretamente visada pelas acusações, o Facebook já veio a público reafirmar a sua preocupação em ajudar a salvar vidas. E revela os números que sustentam essa afirmação.

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos da América
Joe Biden, presidente dos Estados Unidos da América

Facebook diz que 2 mil milhões de pessoas viram informações confiáveis sobre a Covid-19 no Facebook

“Não seremos distraídos por acusações que não são sustentadas pelos factos. O facto é que mais de 2 mil milhões de pessoas viram informações confiáveis sobre COVID-19 e vacinas no Facebook, o que é mais que qualquer outro lugar na internet”, começa por dizer a rede social em comunicado.

“Mais de 3,3 milhões de americanos também usaram a nossa ferramenta de localização de vacinas para descobrir onde e como obter uma vacina. Os factos mostram que o Facebook está a ajudar a salvar vidas. Ponto.”, reitera o porta-voz do Facebook.

Só em Portugal, já foram registados 922 747 casos de Covid-19, segundo os dados da Direção-Geral de Saúde. Desde o início da pandemia morreram, em Portugal, 17 194 pessoas associadas à doença. Mais de 40% da população em Portugal já se encontra vacinada.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.