Atenção, Xiaomi e Samsung! Realme cresce 400% no segundo maior mercado do mundo

Bruno Coelho
1 comentário

A Realme até pode ter sido criada em maio de 2018, mas isso não impede a jovem marca de continuar a crescer nos maiores mercados do mundo. No terceiro trimestre de 2019, a Realme cresceu 401.3% face ao mesmo período do ano passado na Índia.

Estes números podem começar a preocupar seriamente as marcas que lideram este mercado – Xiaomi e Samsung. Como podes ver no gráfico dos analistas de mercado da IDC, a Realme passou de quota de mercado de 3.1% para 14.3% no espaço de um ano no país.

Realme
Realme mostra crescimento de 401.3% no terceiro trimestre de 2019 face ao mesmo período do ano anterior

Neste período, a Xiaomi também perdeu quota de mercado, embora de forma ligeira. A líder do mercado indiano passou de 27.3% para 27.1%, mas aumentou as encomendas de 11.7 milhões para 12.6 milhões.

Samsung foi quem mais sentiu esta subida da Realme

Já a Samsung, deu um pequeno tombo. A gigante sul-coreana passou de uma quota de mercado de 22.6% para 18.9%, e de 9.6 milhões de encomendas para 8.8 milhões de encomendas.

Em quarto lugar já aparece a Realme, que passou de 1.3 milhões de encomendas para 6.7 milhões no espaço de um ano. Ò crescimento de mais de 400% não deixa ninguém indiferente, e deve ser seriamente analisado pelos concorrentes.

A Realme começou recentemente a vender também em Portugal, através do seu site oficial. A empresa vai conseguindo conjugar uma qualidade-preço que parece quase imbatível. A marca só precisa de se tornar consistente a nível de atualizações, e certamente vai ganhar a confiança dos utilizadores em muitos mercados.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.