Samsung Galaxy s6 edge plus +

Estamos a numa reviravolta na mundo mobile, as empresas lutam constantemente para nos dar produtos irreverentes e cada vez mais capazes. O ecrã é um ponto fulcral nesta mudança.

Primeiro tivemos os ecrãs com QHD, chegamos mesmo a ter um modelo da Sony com 4K, mas o que as pessoas mais procuram é a irreverência e não a densidade de pixels.

   

Vê ainda: À procura do OnePlus Y: o gama média de 2016

O primeiro contacto que tivemos com um ecrã edge foi em 2014 quando a Samsung nos mostrou pela primeira vez o Note edge. Logo no inicio de 2015 a empresa soltou-se com o S6 edge e S6 edge Plus e aparentemente pegou moda.zuk-edge-1

Depois disso a Samy investiu no S7 edge e apenas um modelo para o Note 7 que apenas terias a possibilidade de ter um ecrã com curvas.

As empresas concorrentes foram na mesma corrente e a Huawei, Xiaomi ou mesmo a Elephone investem forte neste tipo de tecnologia.

Embora não consiga identificar nenhuma característica “must have” num ecrã edge, a não ser a sua sexyness, acredito plenamente que este seja o caminho a seguir.zuk-edge-1

Aparentemente a Zuk, subsidiária da Lenovo, também pretende entrar na luta e hoje temos informação que o Zuk edge será o próximo smartphone da marca.

Ainda não sabemos especificações e quanto ao design apenas temos um esboço daquilo que alegadamente será o smartphone, mas uma coisa é certa, o nome “edge” dá-nos uma clara ideia que a empresa Chinesa pretende investir em tal.

O Zuk edge deverá chegar ainda este ano e se bem conheço a marca, teremos um smartphone com qualidade de construção, boas especificações e claro um preço à medida.

Ficaremos por isso atentos ao desenvolvimento desta história.

Talvez queiras ver:

Vivo X9 e X9 Plus apresentados com dual-câmara frontal de 20MP + 8MP

Motorola Moto M mostra toda a sua Beleza e Qualidade de Construção

Ulefone Armor é o novo equipamento super resistente da empresa Chinesa