Apple: utilizadores de iPhone estão atualizar menos para o iOS 15 face ao iOS 14

Bruno Coelho
Comentar

Se tens um iPhone 6s ou modelo mais recente, existe a probabilidade de já teres atualizado para a versão mais recente do sistema operativo da Apple: o iOS 15. Mas se não o fizeste, não estás sozinho.

Segundo foi revelado pelos analistas do Mixpanel, durante as primeiras 48 horas após o lançamento, o iOS 15 foi instalado em apenas por 8,59% dos utilizadores. No mesmo período, o iOS 14 havia sido instalado por 14,68% dos utilizadores.

Adoção do iOS 15 é quase metade do que foi o iOS 14

Agora que passaram pouco mais de duas semanas desde o lançamento da nova versão, o cenário mantém-se. A 5 de outubro, o iOS 15 registava uma adoção de 22,22%. Por contraponto, na mesma data do ano anterior o iOS 14 já se encontrava em 41,97% dos equipamentos compatíveis.

É importante ter em conta que estes dados não são oficiais da Apple. No entanto, são um bom medidor, já que o Mixpanel recolhe a adoção baseada em dados de apps e sites que usam a sua API.

ios 15

Quais as razões para menor adoção do iOS 15 face ao iOS 14?

O iOS 15 não traz tantas novidades como o iOS 14 trazia, e isso reflete-se na menor vontade de os utilizadores fazerem a atualização. Veja-se que, por exemplo, a versão do ano passado trouxe pela primeira vez a gaveta de aplicações ou os widgets, entre outras novidades.

A nova versão é aquilo a que se pode chamar incremental, e há até novidades que só estão programadas ara chegar mais no final do ano, como te explicamos neste artigo. Além disso, os erros bizarros manifestados por alguns utilizadores, terão deixado outros receosos de fazer a atualização imediatamente.

A juntar a isso, a Apple passou a permitir aos utilizadores manterem-se no iOS 14 e receberem igualmente atualizações de segurança. Se juntarmos estas e outras razões, andará por aí a explicação da menor adoção do iOS 15.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.