Apple TV+ prepara os primeiros conteúdos "made in Brasil"

Rui Bacelar
Comentar

O serviço lançado pela empresa de Tim Cook em 2019 continua a ganhar tração junto dos utilizadores da maçã. Entretanto, o Apple TV+ continua a ser uma das fontes de receita em crescendo no seio da empresa, motivo pelo qual continuará a ser reforçado com novos conteúdos e produções. Entre estes, contamos sobretudo com filmes e séries produzidos nos Estados Unidos da América e Canadá.

Muito em breve, contudo, a tecnológica deverá anunciar uma nova vaga de produções que poderão passar a incluir novos idiomas e localizações. Com efeito, podemos ficar a conhecer a primeira produção feita no Brasil e falada em português, querendo assim chegar a um novo público e base de consumidores.

Conteúdo "em português" deverá estrear no serviço Apple TV+

Apple TV+ reportedly in talks for its first content made in Brazil https://t.co/e7InKJXyCa by @filipeesposito

— 9to5Mac (@9to5mac) 1 de agosto de 2022

As informações chegam-nos através do jornalista brasileiro especializado em TV e cultura pop, Flávio Ricco, da R7, divulgadas em seguida pela publicação 9to5Mac. Ao que tudo indica, os responsáveis da Apple TV+ estarão "interessados em produzir novo conte´do no Brasil". Os detalhes, contudo, são difusos neste momento, não sendo possível precisar o tipo de conteúdo.

Ainda de acordo com o jornalista em questão, a Apple estará à procura de "dar prioridade à autenticidade e qualidade" para a nova produção. Mais uma vez, são conceitos indeterminados que descrevem em linhas muito gerais o tipo de interesse demonstrado, supostamente, pelos responsáveis deste serviço.

Importa notar que o serviço Apple TV+ está disponível com todo o seu catálogo em português, também no Brasil. Desse modo, tendo presença oficial nesse país, não será de estranhar que uma produção nesta grande nação da América do Sul venha a ter lugar.

Reforço das produções internacionais deverá pautar o catálogo do Apple TV+

Note-se, contudo, que a primeira produção não anglófona no Apple TV+ foi um thriller de espionagem "Tehran" realizado por Moshe Zonder, com a maioria do diálogo em hebreu e farsi. Entretanto, tivemos também o Losing Alice de Sigal Avin com produção em Israel.

Dito isto, de acordo com os mais recentes indicadores o serviço Apple TV+ conta 3% de quota de mercado de streaming no Brasil, aproximando-se do Disney Star+ com 4%. Este mercado, tal como o mundial, é atualmente dominado pela Netflix.

Por fim, acreditamos que a Apple continuará a dar preferência à qualidade e não à quantidade de conteúdos. Com efeito, parte do seu sucesso têm sido as produções aclamadas pela crítica, focando-se no louvor e estima à sétima arte.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com