Apple: próximos iPad não serão produzidos apenas na China

Rui Bacelar
Comentar

A Apple pode começar a produzir uma boa parte dos novos modelos de iPad fora da China, já em meados de 2021. A medida visa diminuir a dependência da tecnológica norte-americana da mão de obra chinesa, migrando para nações como o Vietname.

Será a primeira vez que uma quantidade significativa de produtos, neste caso tablets, da Apple serão produzidos fora desta potência asiática, tal como avança a publicação Nikkei. Algo que já desde o início de 2020 tem vindo a ser debatido como forte possibilidade.

A Apple quer diversificar as suas linhas de produção

Apple iPad

A Apple terá redobrado os esforços para distribuir a produção dos seus produtos em diversos países. Nesse sentido, para além da deslocação de parte da produção de tablets iPad para o Vietname, também reforçará a produção dos iPhone 11 na Índia.

Aliás, a produção dos novos iPhone 12 também arrancará na Índia durante este trimestre que termina em março. É, portanto, um esforço musculado e desdobrado em vários países com o mesmo propósito de diminuição da dependência da China.

O relato da Nikkei vem confirmar as previsões anteriores que apontavam este mesmo rumo para a Apple. Querendo diversificar os locais e linhas de produção, precavendo-se perante qualquer imprevisto que pudesse perigar as suas fábricas.

Ainda que se respirem uma atmosfera de esperança no alívio das tensões entre a China e os Estados Unidos da América sob a administração Biden, a Apple não quer correr riscos. Desse modo, a China passará a ter menos peso na sua produção.

Os iPhone 12 e iPad também serão produzidos na Índia

Apple iPAd

Segundo a mesma fonte, a administração Biden não deverá alterar as tarifas pesadas impostas à China pelo anterior executivo. Ao mesmo tempo, existem outros fatores em jogo como o aumento do custo da mão de obra na China, levando a Apple e outras empresas a procurar novos destinos para as respetivas linhas de produção.

Mais ainda, a par dos iPad e iPhone (para a Índia), também a produção de mais soluções de áudio deverá ficar entregue ao Vietname. Note-se que, os novos auscultadores AirPods Pro são produzidos nesta nação asiática - por empresas chinesas.

Também a produção do HomePod mini deverá migrar para este país e, inclusive, alguma da produção dos computadores portáteis da linha Apple MacBook. A medida poderá ser escalada para abranger outros produtos Apple caso a empresa o considere necessário.

Por outro lado, a produção dos novos computadores Mac mini já terá sido completamente movida para a Malásia, de acordo com o relato da Nikkei.

São mudanças que refletem o desejo da Apple em retirar entre 15 a 30% de toda a produção da China. Agora, em 2021, este mesmo desejo estará a ser executado para proveito das demais nações do sudoeste asiático.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.