Apple: próximo MacBook Air vai herdar característica dos modelos Pro

Carlos Oliveira
Comentar

Mais do que uma vez foi apontado que a Apple deverá apresentar a próxima geração do MacBook Air no próximo ano. O novo modelo, como seria de esperar, vai contar com evoluções significativas face à atual geração.

Um novo relatório da autoria de Ming-Chi Kuo aponta um detalhe muito interessante acerca do novo MacBook Air. Será uma funcionalidade que se espera ver nos MacBook Pro deste ano.

Novo MacBook Air terá um ecrã mini-LED

O conceituado analista Apple afirma que a próxima geração do portátil de entrada da marca usará a tecnologia mini-LED no seu ecrã. Esta será uma das grandes inovações esperadas para os modelos Pro, que serão apresentados no outono.

MacBook Air

Ou seja, a Apple dará mais um passo para aproximar as suas linhas de portáteis. Tal como aconteceu com a inclusão do SoC M1 nos MacBook Air e MacBook Pro, a façanha voltará a acontecer nos seus ecrãs.

A tecnologia mini-LED já pode ser vista no iPad Pro de 12,9" polegadas apresentado este ano. Trata-se de uma nova abordagem ao sistema de iluminação do ecrã, numa tentativa de o aproximar mais do oferecido pelos paneis OLED.

No caso do novo iPad Pro, a Apple incluiu 10 mil LED´s no ecrã do seu novo tablet, aumentando significativamente as zonas de iluminação do painel. Isto resultará em pretos mais escuros, melhor reprodução de cores e contraste.

Outra novidade que se espera na próxima geração do MacBook Air é a inclusão do novo processador M2. Este será uma evolução do M1 atualmente no mercado, com vista a melhorar o desempenho gráfico.

Um SoC mais poderoso ficará reservado para o novo MacBook Pro de 16" polegadas, conhecido como M1X. Ou seja, a principal distinção entre as próximas gerações dos MacBook Air e Pro poderá residir no processador que estes utilizarão.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.