Apple processada por criar lentidão intencional nos antigos iPhone

Filipe Alves
Apple processada por criar lentidão intencional nos antigos iPhone
Apple iPhone 6

Primeiro nasceu o rumor de que a Apple estaria a intencionalmente abrandar a velocidade dos iPhone mais antigos de forma a poupar na autonomia. Depois a Apple referiu em público que essas alegações eram verdade e que tudo não passaria de uma característica. Hoje a empresa de Cupertino é processada devido à situação.

Não quero, nem vou, ser o advogado do diabo. Acredito apenas que a redução de performance para melhor autonomia nos iPhone mais antigos é justificada. Infelizmente não acredito que a Apple o tenha divulgado da forma correta e deixou que rumores fossem públicos criando esta tempestade.

Vê ainda: Vota nos prémios 4gnews! “Melhor Smartphone do Ano, Marca Revelação e Melhor Design”

Se a empresa de Cupertino tivesse dito de imediato, "Hey, vê lá que ao longo do tempo vai reduzindo a performance de forma a ter sempre uma autonomia decente", acredito que a maior parte dos utilizadores não levaria isso a mal. Afina de contas, para que queres um dispositivo potente sem bateria?

Apple confirmou que fez dos iPhone mais lentos para poupar autonomia

Mas o facto da Apple ter guardado a informação para si e só confirmar o que se tinha referido, aumentou o problema. Agora tem de se virar com as conssequências.

O primeiro processo sobre a situação acontece nos EUA. Dois utilizadores iPhone, Stefan Bogdanovich e Dakota Speas, abriram um processo com as alegações que a Apple falhou com os consumidores ao não informar destas mudanças nas atualizações.

O processo refere: "O arguido violou os contratos implícitos que fez com os Demandantes e os Membros da Classe (utilizadores), retardando propositadamente os modelos de iPhone mais antigos quando novos modelos eram anunciados e ao não divulgarem adequadamente estas mudanças."

Não percas: OnePlus 6 pode chegar no início de 2018 com FaceID semelhante ao iPhone X

A Apple garante que esta foi umas das soluções mais eficientes para evitar com que modelos de iPhone mais antigos se desligassem ainda com 60% de bateria.

O processo deverá começar em breve e estou seriamente curioso para perceber quem é que ganhará no tribunal! Se estes dois utilizadores chateados ou se uma equipa de advogados que ganha num dia mais do que eu e tu ao ano!

Assuntos relevantes na 4gnews:

Concept do OnePlus 6 Edge faz-nos sonhar com ecrã curvo neste Android

Samsung Galaxy S9 – Forbes acaba com as dúvidas

Samsung Galaxy S9 – Smartphone volta a ser mostrado em imagem

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.