Apple - Explicação oficial sobre o abrandamento intencional do iPhone

Rui Bacelar
abrandamento intencional oficial Apple OPPO Xiaomi Huawei IDC
A empresa de Cupertino estava mesmo a abrandar os eus iPhone. @WJS

A Apple estava a abrandar intencionalmente o desempenho dos seus iPhone. Aliás, já há mais de um ano que o estava a fazer. Porquê? Para que os dispositivos com uma bateria com algum desgaste não provocasse encerramentos abruptos do iPhone. O assunto já foi amplamente debatido e todas as justificações aqui apresentadas. Contudo, hoje a Apple dirige-se ao público em comunicado oficial relativamente ao abrandamento intencional dos seus iPhones.

O assunto chega hoje ao fim, não sem antes ter sido esmiuçado pelos media, alguns sem qualquer conhecimento de causa - mas a isso também já estamos habituados. Para combater os mal entendidos, a tecnológica de Cupertino quer que o leitor saiba exatamente aquilo que aconteceu. Se estás farto da imprensa sensacionalista, aqui tens aa explicação oficial.

Vê ainda: 56 aplicações gratuitas na Google Play Store para o teu Android

Em primeiro lugar, algumas funcionalidades foram efetivamente alvo de um abrandamento intencional. Outras, longe disso! Comecemos por elaborar uma lista das funcionalidades que foram alvo de abrandamento intencional com o algoritmo distribuido com as atualizações do sistema iOS.

Com abrandamento intencional nestes parâmetros:

  • Temo de abertura das aplicações
  • Taxa de frames ao fazer scroll
  • Controlo da luminosidade (algo que pode ser revertido no Centro de Controlo)
  • Altifalante com intensidade sonora diminuída (até -3dB)
  • Redução gradual das frames em algumas aplicações
  • Durante o casos mais extremos o flash da câmara é desativado, algo que podes verificar dentro da aplicação câmara fotográfica.
  • As aplicações abertas em segundo plano podem pedir um novo lançamento / abertura

Sem abrandamento intencional nestes parâmetros:

  • Qualidade de chamada
  • Navegação por dados e tráfego de dados
  • Qualidade das fotografias capturadas
  • Qualidade do vídeo gravado
  • Performance da localização GPS
  • Precisão dos serviços de localização
  • Funcionamento dos sensores como o giroscópio, acelerómetro e barómetro
  • Serviço Apple Pay

Apple - Como é que as baterias envelhecem?

Todas as baterias recarregáveis são componentes que se tornam menos eficazes à medida que vão envelhecendo quimicamente. À medida que a sua capacidade para reter carga elétrica vai diminuindo. O tempo e o número de vezes que uma bateria foi carregada não são os únicos fatores que interferem no processo de envelhecimento químico das baterias.

Apple iPhone X iFixit abrandamento intencional oficial iPhone Apple
O abrandamento intencional do dispositivo era motivado pelo envelhecimento da bateria, segundo a explicação oficial da Apple

A utilização do dispositivo, seja ele um iPhone da Apple ou qualquer outro, também terá uma influência direta na duração da bateria. Elas não viciam (as baterias) mas, por exemplo, ao deixarem o iPhone a carregar num ambiente quente, este envelhecimento será acelerado.

Caso, por exemplo, deixes o iPhone a carregar ao sol, ou devido à utilização intensa enquanto carrega o iPhone aquecer muito, as características químicas da bateria vão-se alterando mais rapidamente. Característica comum a todos os dispositivos com baterias de iões de lítio.

Apple reduzirá globalmente o custo da substituição oficial da bateria

Uma bateria quimicamente desgastada ou envelhecida torna-se incapaz de fornecer energia suficiente para dar resposta aos picos de tensão. Torna-se incapaz de providenciar energia suficiente ao processador quando este precisa de dar resposta a uma súbita tarefa pesada.

Isto, por sua vez, pode resultar no encerramento abrupto do dispositivo em certas situações. Podes encontrar mais informação sobre o tema no artigo na página oficial da empresa.

Escusado será dizer que os encerramentos abruptos são inaceitáveis para a Apple. Esta defende que os seus clientes não devem perder uma chamada, perder a oportunidade para tirar uma foto ou deixem de usufruir do seu dispositivo. Nem que para isso seja necessário um abrandamento intencional.

Apple - Prevenindo o encerramento súbito do iPhone

Há cerca de um ano atrás. Com o iOS 10.2.1 incluímos um novo software (algoritmo) que otimiza a gestão energética durante os picos de processamento. Com uma distribuição intencional da carga resultante num abrandamento, intencional, da performance e desempenho.

Evita-se desta forma que os iPhone 6, iPhone 6 Plus, iPhone 6s, iPhone 6s Plus, e também o iPhone SE sofra de um encerramento abrupto. Este pequeno abrandamento intencional visa implementar uma gestão dinâmica dos picos máximos de carga e de processamento. Isto passa-se em alguns dos componentes de sistema para prevenir um encerramento abrupto.

Explicação oficial da Apple prende-se com o envelhecimento químico da bateria do iPhone

Na maior parte dos casos este abrandamento intencional passará completamente despercebido. Contudo, em alguns casos os utilizadores podem deparar-se com alguma abrandamento em algumas tarefas. Desde o tempo de abertura de aplicações ou reduções na performance.

A resposta oficial dos consumidores ao iOS 10.2.1 foi positiva pois reduziu, de forma oficial, os encerramentos súbitos. Entretanto, mais recentemente também cuidamos, de forma oficial, dos iPhone 7 e iPhone 7 Plus com o iOS 11.2.

Como seria de esperar, ao trocar uma bateria quimicamente envelhecida por uma nova, a performance do iPhone retornará ao normal. Isto em condições de utilização normal do dispositivo.

Apple - Opinião do público

No decurso deste outono fomos recebendo várias opiniões e feedback de alguns utilizadores que estavam a sentir um abrandamento do iPhone em algumas situações. Com base na nossa experiência pensamos inicialmente de que se trataria de uma combinação de dois factores:
  • Abrandamento da performance, temporário, devido à instalação do upgrade do sistema operativo.
  • Ocorrência de alguns pequenos erros ou bugs que entretanto foram corrigidos
Contudo, acreditamos agora que a principal causa para este abrandamento relatado pelos consumidores tenha sido o constante envelhecimento químico das baterias. Particularmente notório nos iPhone 6 e iPhone 6s, muitos deles ainda com as baterias originais.

Apple- Resposta oficial ao público

Sempre quisemos que os nossos utilizadores pudessem usar os seus iPhones durante o máximo tempo possível. Estamos orgulhos, na Apple de ter produtos conhecidos pela sua durabilidade e por manterem o seu valor durante mais tempo do que as alternativas da concorrência.

Apple iPhone X iFixit abrandamento intencional oficial bateria
De 79 dólares para 29 dólares. Este é o novo preço oficial, globalmente, para a substituição da bateria

Para responder de forma oficial às preocupações dos nossos clientes. Como prova de reconhecimento da sua lealdade e para recuperar a sua confiança, para que todos os que tenham duvidado das intenções da Apple, decidimos implementar estas medidas:

  • A Apple está a reduzir o preço de troca da bateria, fora do período legal de garantia, em 50$ (dólares). O preço da operação passará de 79$ para 29$. Para todos os utilizadores de um iPhone 6 ou mais recente e cuja bateria necessite de substituição. Para todos, globalmente, a partir do final de janeiro.
  • No início de 2018 lançaremos uma atualização de software iOS com uma nova opção que detalhará, ao utilizador, a saúde da bateria do seu iPhone. Para que possam ver por si a condição da bateria e caso ela possa estar a causar algum abrandamento intencional da performance.
  • Como sempre, a nossa equipa está a desenvolver novas maneiras que tornem a experiência de utilização ainda melhor. Para que possamos encontrar uma nova forma, oficial, de combater os encerramentos abruptos, de preferência sem causar um abrandamento intencional.

Qual a tua opinião sobre a explicação oficial da Apple?

Na Apple, a confiança dos nossos consumidores significa tudo para nós. Nunca deixaremos de trabalhar para garantir e merecer esta confiança.

Somos capazes de fazer o trabalho que adoramos porque vocês acreditam em nós. É graças ao vosso apoio que hoje aqui estamos. Nunca o esqueceremos ou tomaremos por garantido.

Pessoalmente acredito que a Apple procedeu mal com a aplicação deste algoritmo que causava um abrandamento intencional do iPhone. Esteve mal em não ser transparente com os seus consumidores. Em não lhes dar uma hipótese de escolha. Em essencialmente pensar por eles.

Contudo, esteve agora bem em admitir prontamente todo este comportamento. Esteve bem em providenciar um pequeno desconto na troca / substituição da bateria. Esteve bem em providenciar uma explicação detalhada sobre os quês e os porquês deste comportamento.

E tu, sentiste este abrandamento intencional no teu iPhone? Qual a tua opinião sobre esta postura da Apple? Deixa-nos o teu feed-back abaixo, nos comentários.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung não abranda os seus Galaxy para salvaguardar a bateria

Qualcomm vs Samsung – Galaxy S9 apresentará dia 4 o seu novo Exynos

Huawei enfrentará o seu maior teste em fevereiro com os Huawei Mate 10

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.