Apple iPhone X. 29 milhões de unidades vendidas em apenas 3 meses

Rui Bacelar
Apple iPhone X Samsung Display
Em apenas 3 meses, os números falam por si.

A fabricante norte-americana terá vendido um total de 29 milhões de unidades do seu Apple iPhone X durante o último trimestre de 2017. Os dados são avançados pela agência Canalys e elevam este dispositivo à posição de best-seller ou dispositivo mais procurado durante toda a quadra natalícia e os meses que a antecederam.

A grande procura pelo novo modelo justifica-se com a necessidade sentida em atualizar para o novo iPhone. A procura foi liderada pelos mercados em que as operadoras são os principais canais de distribuição dos dispositivos móveis. Os Estados Unidos da América sendo um desses países.

Vê ainda: HomePod chega no dia 9 de fevereiro, Portugal não está na lista

Mercados onde a base de fãs da Apple é forte e onde as operadoras facilitam as condições de aquisição do novo produto. A Canalys cita ainda o exemplo de sucesso obtido no mercado chinês. Ao passo que os seus produtos anteriores não criaram muita tração na China, o maior mercado mundial de smartphones e dispositivos móveis, o Apple iPhone X recuperou este bastião.

Dos 29 milhões de iPhone's vendidos nos últimos três meses (último trimestre de 2017), um total de 7 milhões de unidades foram vendidas na China. Um número impressionante tendo em conta que a Apple, segundo os últimos dados da IDC, estava atrás da Xiaomi. Com efeito, no último relatório da IDC a fabricante norte-americana encontrava-se em 6ª posição nesse mercado.

Apple iPhone X com um desempenho impressionante

Segundo esta agência, "o desempenho do Apple iPhone X é impressionante tendo em conta o preço do dispositivo. Todavia, fica um pouco abaixo das expectativas da indústria". Declarações de Ben Stanton, analista de mercado na Canalys. "A Apple debateu-se com problemas de fornecimento e produção em quantidades suficientes no início de novembro, todavia, a situação inverteu-se com um aumento significativo na produção no final desse mês e durante todo o mês de dezembro." Acrescenta Stanton.

O analista refere ainda que este grande aumento na produção ajudou a Apple a atenuar o diferencial entre a procura e a oferta. Algo que certamente contribuiu para este valor de vendas em apenas três meses. Stanton acrescenta ainda que à medida que os consumidores se apercebem do valor do seu iPhone antigo no mercado de segunda mão estes não hesitam em trocar o seu equipamento pelo novo Apple iPhone X. Aqui, as operadoras também contribuem ativamente ao facilitar estas condições de troca.

iPhone X não foi o único a ser vendido em boas quantidades

Apple iPhone X
As vendas do seu topo de gama foram impressionantes

Durante este mesmo período a Apple também continuou a vender o seu iPhone SE, iPhone 6s, iPhone 7 e o novo par de smartphones iPhone 8 e 8 Plus. Todos estes equipamentos receberam a mais recente versão do sistema operativo, o iOS 11. Algo que não terá passado despercebido aos consumidores que os continuam a encarar como boas opções para os seus respectivos preços.

Em suma, com um grande portfólio de equipamentos no mercado e todos eles atualizados com a mais recente versão do sistema operativo, permitiu à Apple aumentar os seus resultados no segmento premium.

E tu, tens um dos novos Apple iPhone X? Como tem sido a tua experiência?

Outros assuntos relevantes:

Google. Gboard Go chega agora aos dispositivos Android Oreo

Google Gmail – 90% dos utilizadores não têm o email com segurança extra

Xiaomi – A nova MIUI 10 é oficialmente apresentada

Fonte | via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).