Apple iPhone SE 2
Em 2018 poderemos ter um novo dispositivo de gama média alta com um formato compacto

A Apple foi bastante convicta quando lançou o Apple iPhone SE em 2016. Já não se via um smartphone tão aclamado quanto esse, no período em questão, com um ecrã tão pequeno. No entanto, não foi isso que o impediu de ser um pequeno sucesso.

Com efeito, parece que será este ano, dois anos depois, que a empresa de Cupertino apresentará o sucessor desse terminal, com algumas semelhanças e muitas diferenças. A particularidade, por sua vez, é que talvez vá ser apresentado mais cedo do que seria suposto, nomeadamente na WWDC.

Vê ainda: Xiaomi lançou oficialmente os Xiaomi Redmi 5 e Redmi 5 Plus em Espanha

Contudo, o que se alterará? Teoricamente, o Apple iPhone SE terá um processador A10 – aquele que se encontra nos iPhone 7, por exemplo -, e 2GB de RAM. Este último dado, no ecossistema iOS, é pouco relevante, mas seria algo esquisito ver um processador lançado em 2016 num smartphone deste ano.

O Apple iPhone SE 2 tem espaço no mercado!

Por outro lado, o iPhone SE 2 terá, com base nos rumores, duas variantes a nível de memória interna, isto é, 32GB ou 128GB. Algo que também não parece fazer muito sentido, mas que é apontado pelo rumor, é o facto do terminal trazer Touch ID.

Por último, o ecrã chegará às 4,2 polegadas. Este é, provavelmente, o mais controverso aspeto do rumor, uma vez que a alteração não seria, de todo, significativa e, ao mesmo tempo, espelharia um contratempo para a Apple.

Afinal, um “novo” ecrã obrigaria a novas adaptações por parte dos developers na programação das suas aplicações. Dessa forma, será ligeiramente impossível assistir-se a algo assim.

Até lá, teremos que esperar para sabermos o que efetivamente acontecerá. Fica, por isso, atento(a) à 4gnews para que não percas nenhum detalhe acerca daquela que é a tecnologia falada em português.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung Internet. Browser tem novidades, já na Google Play Store

Samsung Galaxy S9 continuará abaixo do iPhone X nas Benchmarks

OnePlus lança um novo vídeo em que destrói os Samsung Galaxy

Fonte