Apple iPhone 12 tem o dobro da vida útil face aos smartphones Android

Rui Bacelar
Comentar

Segundo a filial francesa da Apple, o seu iPhone 12 tem uma vida útil média de 46 meses, ou perto de quatro anos. As declarações terão sido proferidas por três representantes da gigante de Cupertino que prestaram testemunho no Senado francês.

De acordo com as declarações ao órgão do Estado gaulês, a Apple fará por aumentar a funcionalidade dos iPhone até ao máximo das capacidades do hardware. Nesse sentido, indicam que o iPhone pode durar até 46 meses, superando em muito os Android.

A vida útil dos Apple iPhone pode chegar aos 46 meses

Apple iPhone 12

O caso foi avançado pelo blog Pplware, dando conta dos esforços da Apple em aumentar a vida útil dos seus smartphones. Chamada a depor perante o Senado francês, a gigante norte-americana apontou que, em média, os smartphones Android têm uma vida útil de apenas 23 meses, ou menos de dois anos.

Enquanto a França tenta lutar contra a obsolescência programada a Apple destaca-se positivamente. Em causa está a tentação das fabricantes em levar o consumidor a comprar novos produtos, mesmo que os atuais pudessem ser úteis, algo levanta preocupações de diversa ordem e nível.

A primeira, de cariz protecionista do consumidor, bem como outra maior, na ordem da proteção ambiental e da sustentabilidade no mercado tecnológico. Por conseguinte, a Apple está assim a tentar aumentar a vida útil dos seus smartphones iPhone.

Os esforços e preocupações ambientais da Apple

Apple iPhone 12

Sendo chamada a depor perante o Senado, a Apple fez-se representar por Clement Long - responsável pela pasta ambiental, Sebastian Cross - relações públicas, e por Oliver Knopfler, responsável pelas relações com os clientes. Estas foram as três vozes que partilharam a visão da empresa relativamente à vida útil do iPhone e respetivo impacto ambiental.

Em primeiro lugar, afirmaram que o iPhone tem uma vida útil que chega aos 46 meses. Valor que dobra a média de vida útil de um smartphone Android cuja média ronda apenas 23 meses. Esta foi a realidade apresentada pelos representantes da Apple.

"Os 23 meses aplicam-se às nossas concorrentes, mas não à Apple. Contudo, estamos a falar da primeira vida do dispositivo, não da primeira ou segunda utilização que pode ser dada após o restauro ou reparação do equipamento", declarações de um dos representantes da Apple.

Conclusões sustentadas por indicadores internos e externos

Apple ambiente
Página da Apple dedicada às causas ambientais.

Tendo por base estudos internos, além de pareceres de entidades externas, Clemeng Long sustentou assim as alegações da Apple relativamente à vida útil dos iPhone. Algo que, de acordo com estes parâmetros, dá ao iPhone o dobro da vida útil dos smartphones Android. É, portanto, um grande destaque que ajuda a empresa a manter-se competitiva aos olhos dos consumidores.

A empresa aconselha ainda os utilizadores a recorrerem a reparadores autorizados, além das Apple Store, para tratarem de qualquer problema nos seus dispositivos. Esta é outras das vertentes que ajuda a aumentar a vida útil dos smartphones Apple.

Apesar de onerosas, estas reparações ajudarão a aumentar a vida útil dos dispositivos móveis.

Por fim, vale ainda destacar a página da Apple dedicada às causas ambientais. Aí encontramos o compromisso da empresa que, o plano em curso e as ações já tomadas no sentido de reduzir a pegada de carbono.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.