Novos Apple iPad Pro deverão abolir o Touch ID para adotar o Face ID

Carlos Oliveira
Novos Apple iPad Pro passará a contar com Face ID

A Apple revolucionou por completo a forma como desbloqueamos um iPhone este ano. O novo iPhone X deixou no passado o sensor de impressões digitais (Touch ID) para passar a incorporar a tecnologia de reconhecimento facial Face ID. Esta manobra deverá ter impacto não só na futura geração de smartphones da marca, como também nos próximos iPad Pro.

Vê ainda: Inventor do BitTorrent anuncia Chia, concorrente da Bitcoin amigo do ambiente

Embora o mercado dos tablets tenha sofrido uma quebra acentuada, a Apple é uma das empresas que ainda continua a apostar forte no mesmo. Ainda este ano tivemos a apresentação de dois novos iPad Pro, um com um ecrã de 12.9 polegadas e outro com 10.5 polegadas.

Para o ano de 2018 a aposta neste mercado parece ser para continuar. Rumores começam já a sugerir a apresentação de uma nova geração no próximo ano, sendo que esta deverá contar com algumas modificações relevantes em termos de design e consequentes funcionalidades.

Novo Apple iPad Pro não terá Touch ID, ausência essa que será colmatada com o Face ID

Rumores difundidos pela afirma ainda que este novo tablet não contará com um ecrã OLED.

Esta não é a primeira vez que tomamos conhecimento de rumores a apontarem neste sentido. Já anteriormente Ming-chi Kuo havia apontado no mesmo sentido, porém sem avançar com mais pormenores relativamente a estes modelos. Desta feita, temos aqui mais algumas informações para adiantar e é expectável que mais venham a surgir no decorrer dos próximos meses.

Outros assuntos relevantes:

Google Play Store está repleta de Animojis fraudulentos para Android

Samsung Galaxy S9 não terá sensor biométrico embutido no ecrã

HTC continua a sangrar bastante com a produção de smartphones Android

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.