Apple adquire parte da Dialog Semiconductor por 521 milhões de euros

Rui Bacelar
Apple iPhone Xr iOS CNET
A tecnológica de Cupertino realizou hoje uma importante aquisição ©CNET

Esta que é uma das empresas mais valiosas do mundo, a tecnológica de Cupertino, já nos habituou a este tipo de aquisições milionárias. Por conseguinte, depois da Beats bem como o Shazam. Entretanto tivemos também a aquisição de empresas menores como a Spektral bem como a Vrvana e agora a Dialog Semiconductor.

Por conseguinte, a sua mais recente aquisição, a Dialog Semiconductor, pode até ser um nome perfeitamente desconhecido. Todavia esta empresa dedica-se sobretudo à produção de componentes para dispositivos móveis e smartphones.

Vê ainda: Mi Mix3 custará menos de 500€? Seria de impressionar!

Nesse sentido, a aquisição pela Apple envolveu um total de 600 milhões de dólares ou cerca de 521 milhões de euros. O anúncio foi feito hoje pela manhã e será uma das maiores aquisições do ano para a tecnológica norte-americana.

Esta quantia celebrará o entendimento entre as duas empresas. Todavia, a Apple não adquirirá a totalidade da Dialog já de imediato. Ao invés, será durante um período determinado de tempo durante o qual ambas as empresas se interligarão.

Apple adquire parte da Dialog Semiconductor

Em primeiro lugar e numa primeira fase a Apple investirá os supra-citados 600 milhões de dólares. Todavia, durante um período de 3 anos a tecnológica norte-americana utilizará várias tecnologias de gestão de energia desenvolvidas pela Dialog. Será durante esta primeira fase que a Apple entregará a primeira tranche - 300 milhões de dólares à empresa. Por conseguinte, confirmará assim a transferência de alguma propriedade e 300 colaboradores para a estrutura própria da gigante de Cupertino.

Apple iPhone XS Max iFixit Dialog Semiconductor
A tecnológica de Cupertino quer reforçar o seu segmento de produção de chips©iFixit

A segunda tranche, os 300 milhões de dólares adicionais serão entregues à Dialog durante um período de 3 anos. Em suma, a tecnológica sediada em Cupertino estará essencialmente a comprar parte da empresa sediada no Reino Unido.

Apple quer reforçar o seu setor de produção de chips

Enquanto isso a Apple compromete-se também a continuar a negociar com a empresa britânica com o que sobra da Dialog. Por outras palavras, vemos a tecnológica norte-americana a reforçar todo o seu know-how no desenvolvimento de processadores e componentes.

Por conseguinte, a marca reforça assim todo o seu "motor" e departamento de produção e desenvolvimento de componentes. Algo que indubitavelmente a ajudará a melhorar os chips que emprega nos seus produtos.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.