Apple corta produção do iPhone 12 mini para se concentrar nos MacBook

Rui Bacelar
Comentar

A gigante de Cupertino concentrará os esforços de produção em pelo menos dois novos computadores portáteis da linha Apple MacBook, alocando recursos até então destinados aos iPhone 12 mini. A notícia é avançada hoje (10) pela Nikkei Asia.

O relato aponta o desenvolvimento e produção em massa de novos computadores portáteis com processador Apple M1 a ocupar um lugar de destaque nas linhas de produção. De acordo com o relato, a agenda de produção dará mais ênfase a estes produtos.

Apple reduzirá até 20% o volume de produção dos iPhone 12 mini

Apple iPhone 12
O iPhone 12 mini é o modelo mais compacto da atual geração de smartphones Apple.

O corte no volume de produção do iPhone será notório, mais concretamente, uma redução de 20% no volume de smartphones produzidos comparativamente com dezembro último. Esta redução será particularmente forte no modelo iPhone 12 mini.

Segundo a mesma fonte, a procura pelo iPhone 12 mini estará "muito abaixo das expectativas iniciais da Apple". Estes relatos têm-se multiplicado nos últimos meses, ao passo que os demais modelos lideram as tabelas de smartphones mais cobiçados.

A Apple quer vender até 75 milhões de smartphones no 1.º semestre de 2021

Recordamos que o objetivo inicial da fabricante norte-americana era colocar cerca de 96 milhões de iPhones no mercado durante a primeira metade (1.º semestre) de 2021. Esta cifra inclui todos os modelos da nova geração, bem como os modelos mais antigos da geração iPhone 11 e o modelo intercalar, iPhone SE 2020.

Entretanto, a tecnológica Cupertino ajustou este valor para 75 milhões de smartphones vendidos durante os primeiros seis meses do ano, que ainda assim está acima dos valores de 2020. O sucesso da geração iPhone 12 é inegável, ainda que nem todos os seus modelos usufruam da mesma popularidade.

Aliás, a procura pelo iPhone 12 mini será tão fraca que a Apple chegou a pedir a alguns fornecedores de componentes que suspendessem temporariamente a produção de partes específicas para este modelo com 5,4 polegadas de ecrã.

Em declarações ao The Wall Street Journal, fonte próxima da Apple terá avançado que parte da produção já foi realocada para os modelos iPhone 12 Pro e 12 Pro Max.

Há novos portáteis MacBook no horizonte

Apple MAcBook

A Apple terá atrasado em dois meses a produção em massa dos novos portáteis MacBook. Segundo as fontes internacionais, a produção foi apontada agora para maio a junho de 2021, com dois novos modelos a ocupar as linhas de produção.

Espera-se que estes modelos utilizem o novo processador Apple M1, desenvolvido pela própria tecnológica, mas não deverão ser modelos MacBook Pro. Ao invés, contamos com uma renovação da gama Air, sem descartar possíveis surpresas.

A produção em massa dos novos computadores portáteis deverá arrancar no início do segundo semestre. Até lá, as fornecedoras estarão ocupadas com a produção dos componentes necessários à montagem dos produtos.

Estes portáteis, segundo as previsões do analista Ming-Chi Kuo, usarão os novos ecrãs Mini-LED para melhor qualidade de imagem e brilho. Espera-se também que as margens do ecrã sejam reduzidas, recuperando-se as portas HDMI, bem como o leitor de cartões de memória SD. Ao mesmo tempo, as teclas físicas deverão ocupar a touchbar que conhecemos nos MacBook Pro.

Por fim, sublinhamos o sucesso da gama iPhone 12. As vendas dos novos produtos terão ajudado a Apple a amealhar mais de 111,4 mil milhões de dólares em receitas no último trimestre de 2020.

Para 2021 contamos também com um iPhone 13 mini, apesar da fraca procura pelo atual modelo.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.