Apple Car: do 0 aos 100 km/h em 3,5 segundos e 80% de carga em 18 minutos

Rui Bacelar
Comentar

O Apple Car é um dos segredos mais bem guardados da gigante de Cupertino, mas as suas ações preparatórias causam ecos na indústria e o mercado automóvel. Colhem também vários palpites educados como as previsões de Ming-Chi Kuo, famoso analista de mercado com profundo conhecimento da empresa de Tim Cook.

Os últimos rumores apontam para um Apple Car 100% autónomo a usar, provavelmente, a plataforma E-GMP da Hyundai, com a produção a recair sobre a sua subsidiária, a Kia. O lançamento do Apple Car é uma incógnita, mas já se aponta o ano de 2025.

A plataforma E-GMP da fabricante Hyundai

Hyundai E-GMP
A plataforma Hyundai E-GMP para veículos elétricos.

O entendimento atual aponta a plataforma E-GMP - Electric Global Modular Platform - da Hyundai como a base para o Apple Car, sendo concebida de raíz para veículos elétricos com forte lastro de baterias como, aliás, ilustra a imagem.

É a partir daqui que se poderá construir o Apple Car, com a Hyundai e a KIA a usarem, entretanto, esta mesma plataforma para desenvolver os seus próximos modelos elétricos. Aliás, o próximo Hyundai Ioniq 5 será baseado nesta E-GMP.

Autonomia para até 483 km graças à E-GMP

Segundo os valores avançados pela Hyundai os veículos que usem esta plataforma podem usufruir de até 483 km de autonomia média. São métricas já bastante atraente se olharmos para a autonomia média de 423 km nos Tesla Model 3 atuais.

De igual modo, é apontada uma carga rápida para estas baterias, com até 80% de carga completa em apenas 18 minutos. Isto colocaria o Apple Car, e qualquer veículo com a base E-GMP entre os carros com carregamento mais veloz.

Outra das métricas, a da aceleração - aponta uns meros 3,5 segundos para chegar dos 0 aos 100 km/h e uma velocidade de ponta (máxima) a rondar os 257 km/h.

Em síntese, estamos perante métricas que colocam esta plataforma da Hyundai muito próxima do Tesla Model 3, provavelmente o carro elétrico mais popular da atualidade. Portanto, seria realmente um bom ponto de partida para o Project Titan da Apple.

A Apple terá repreendido a Hyundai

Apple Car
Imagem alusiva ao Apple Car, não retratando um veículo real.

Cupertino mantém uma espessa cortina de secretismo em torno do Apple Car. Por isso, quando a Hyundai deu a entender estar exatamente a negociar com a Apple algo similar a um carro autónomo e elétrico, a tecnológica não ficou muito feliz.

Entretanto, a fabricante asiática viria a retirar do ar a publicação que gerou um grande interesse por parte do mercado, fazendo também aumentar o valor das suas ações. Desde então a Hyundai manteve-se mais discreta, sem avançar novidades.

A Apple também já deu a saber que quer a produção do seu Apple Car concentrada nos Estados Unidos da América. Felizmente para a KIA, subsidiária da Hyundai, as suas linhas de produção também estão localizadas nos EUA, devendo esta ficar encarregue de produzir o fruto do "Project Titan" nascido em 2014, entretanto arquivado e recentemente avivado.

Importa ainda frisar que a Hyundai é bastante discreta e raramente colabora com outras empresas. A empresa tenta produzir e desenvolver todos os componentes na sua esfera de empresas e influência, até mesmo o aço utilizado na construção.

A Hyundai é famosa por controlar todos os aspetos da sua atividade. Por outro lado, também o é a Apple no seu mercado e nicho tecnológico. O meio-termo pode residir na Kia, cujas linhas de produção podem entregar até 400 000 veículos por ano.

Note-se, por fim, que todos estes rumores não passam disso. Informação não confirmada pelas partes envolvidas.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.