Android. Vendas de smartphones da HTC (novamente) em queda ...

Rui Bacelar
HTC Google Play Store Android smartphones queda
A fabricante sediada em Taiwan continua em queda livre... ©reuters

Após mais um relatório de contas, foi divulgado o montante de vendas efetuadas por parte da HTC no passado mês de Junho. Aqui, como era de esperar, voltou a ser “mais do mesmo” para a fabricante de smartphones Android sediada em Taiwan. Mais uma queda.

Ou seja, as vendas da HTC continuam em queda, cada vez mais acentuada. Isto segundo a variação negativa de 68% no total de vendas registado pela construtora asitática. Assim, como já temos vinda a noticiar, a marca está a atravessar uma das piores fases desde que foi criada em 1997.

Vê ainda: Qual a capa de proteção que devemos usar num smartphone?

Novos números traduzem-se num total de vendas, para o passado mês de Junho de 2018, de cerca de 2.230 milhões de dólares. Mais uma vez, estes enormes números podem, claro, parecer grandes.

Ainda assim, em comparação com o mesmo período do ano passado, a empresa registou quase menos 70% das vendas, valores que em Junho de 2017 rondaram quase os 7 mil milhões de dólares.

A HTC pode ter os dias contados no mercado Android

Resultado? A empresa que outrora foi a quarta maior construtora mundial de smartphones (em 2012, números da IDC), viu-se forçada a despedir cerca de 1,500 funcionários. Ou seja, deixou sem trabalho 22% da sua mão de obra total até então. De 2012 a 2014, a construtora taiwanesa conseguiu ser ultrapassada pela Samsung, Apple, Xiaomi, Lenovo e até mesmo pela LG.

Android Oreo HTC U11 Europa smartphones queda
A fabricante sediada em Taiwan pode ter os dias contados no mercado Android.

Hoje em dia, a HTC, que era conhecida por criar smartphones de construção acima da média, displays incríveis e de especificações de topo, vê-se agora reduzida a apenas 1 modelo disponível à venda no mercado.

Fabricante de smartphones Android continua em queda...

Contrariamente ao que a marca esperava, o U12+ não tem sido um sucesso de vendas. Ora, para uma empresa cujos lucros dependem maioritariamente da venda se smartphones, não vender o único smartphone que coloca no mercado é um acontecimento que fará a HTC ter que se conter ainda mais. Isto para que consiga apresentar resultados positivos no final deste período económico.

Será que a HTC continuará nesta recessão? Ou trará surpresa para fazer frente às apresentações dos “flagships de verão”?

De qualquer maneira, seria uma pena um dia deixar de ver aquele logótipo das 3 letras verdes no mercado mobile. Logótipo esse que já foi rei e senhor no setor.

Assuntos relevantes na 4gnews:

BlackBerry Ghost será o primeiro topo de gama da TCL – Evan Blass

Nokia X5 (Nokia 5.1) será apresentado a 11 de julho por cerca de 120€

Samsung Galaxy S10 Plus com câmara Super Wide-Angle?

Fonte | Via

Artigo de Rafael Alemão para a 4gnews

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.