Android. HTC U12 Plus deixa a desejar num teste de resistência

Filipe Alves

Android. HTC U12 Plus deixa a desejar num teste de resistênciaA HTC já foi uma das fabricantes mais importantes do mundo Android. Agora tenta a toda a força que o seu HTC U12 Plus faça a diferença. O terminal está apenas em alguns mercados e se vives em Portugal não será muito simples comprares este topo de gama.

O dispositivo é completo em muitas características. O smartphone dá-nos um design elegante, especificações topo de gama e é o primeiro smartphone "sem botões".

Vê ainda: Google Pixel 3 terá de ser mais do que apenas ‘mais um Android’

Referi a expressão entre aspas porque o terminal tem de facto a saliência para os botões, contudo, é apenas isso, uma saliência sensível ao toque.

No teste de JerryRigsEverything, conhecido pelos seus testes de resistência, o equipamento mostra-se demasiado frágil na remoção destes "botões".

HTC U12 Plus dá-nos um sistema idêntico ao Android puro

Depois de muito riscado, queimado e massacrado, chegou a altura do conhecido "bend test". Uma das formas pouco ortodoxas para verificar se o terminal aguenta pressão. O HTC U12 Plus até se aguentou inteiro, contudo, facilmente descolou a parte traseira deixando o smartphone sem a resistência a água e poeiras.

O HTC U12 Plus conquistou-me pela traseira translúcida. Gostei particularmente do equipamento. Um pouco grande para mim, contudo, um excelente smartphone no seu combo. É apenas uma pena que não tenha uma resistência tão forte quanto os concorrentes.

A HTC está em apuros. A fabricante Android continua a falhar no mercado. Talvez porque a concorrência está mais forte ou porque as inovações da HTC não chegam. Quem sabe o marketing. A empresa taiwanesa é péssima no marketing dos seus produtos.

Sinceramente, espero que a empresa asiática volte às luzes da ribalta. Os equipamentos são, na sua maior parte, de qualidade e as atualizações costumam ser a tempo e horas.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Xiaomi Mi Mix 3 com câmara pop-up? Novas imagens dizem que sim!

Sony passa em benchmark com o novo processador Snapdragon 855

Xiaomi Mi MAX 3 – Lei Jun mostra-nos a caixa do seu próximo Android

Fonte

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.