Face à ameaça da Xiaomi, poderá a BQ ter sucesso em Portugal?
Aquaris X2 Pro

A BQ apresentou hoje para Portugal os seus mais recentes smartphones. Os novos BQ Aquaris X2 e X2 Pro são fantásticos em muitos aspectos, contudo, conseguirão vencer numa batalha com os equipamentos da Xiaomi.

Como podes ver pelos artigos que escrevo sou um fã dos produtos da empresa chinesa, porém, tou também um amante da ideologia e smartphones da BQ. Nem todos os equipamentos da BQ me surpreendem, e já o disse em muitas reviews, porém, a gama X sempre me deixou feliz.

Vê ainda: Google quer que passes menos tempo com o smartphone

Aliás, na review dos modelos do ano passado cheguei-lhes mesmo a chamar de “Google Pixel Lite“. Isto porque os smartphones oferecem uma excelente qualidade de software. Até ao momento os BQ traziam uma versão limpa do Android, com os novos X2 e X2 Pro trazem a versão Android One. Mais puro é impossível.

Sempre gostei da marca espanhola porque não inventa muito. Os smartphones são simples e sabem-se encaixar no mercado. Sabem que não tem a capacidade financeira de uma Huawei ou Samsung, todavia, lutam fortemente no mercado Espanhol.

Xiaomi é o grande desafio da BQ em Portugal nos próximos anos

É aqui onde quero chegar. Há uns dias foi publicado um artigo dos analistas da GFK em que indicaram que em menos de um ano a Xiaomi ultrapassou a BQ. Será que o mesmo pode acontecer em Portugal?

A BQ já foi uma das melhores marcas na relação de qualidade/preço. Porém, com a entrada da Xiaomi no mercado de forma oficial já temos uma concorrência feroz. Temos um Xiaomi Mi A1 por menos de 200€, ou até um Redmi 5 por pouco mais de 100€.

BQ Aquaris X2 Pro Android OneOs novos BQ Aquaris X2 e X2 Pro chegarão a 309€ e 389€, respetivamente, nos modelos base. Os preços são interessantes, contudo, espera-se que o próximo Mi A2 chegue a valores mais interessantes. Mais do que isso, acredita-se que o topo de gama de 2018 da Xiaomi (Mi 7) possa chegar com valores a rondar os 400€.

É complicado para mim concluir este artigo da forma mais politicamente correta. Primeiro temos de perceber o que é que a BQ considera “sucesso”. Se a marca Espanhola ficará feliz por ter uma cota de mercado aceitável face à sua grandeza, a empresa está num bom caminho. Todavia, a entrada da Xiaomi não ajuda a que o crescimento seja grande e a BQ está num beco sem saída.

Até ao momento não competia nos gama-alta porque era complicado ganhar. Com a Xiaomi em Portugal, os smartphones da BQ começam a perder o ênfase nos gama-média.

Espero ansiosamente para testar ambos os smartphones e acredito que, mais uma vez, ficarei surpreendido pela positiva.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Snapdragon 710 e Snapdragon 730 serão dois ”colossos” da Qualcomm

Android Oreo da Google continua a crescer, tal como o Android Nougat

Xiaomi Mi 7 revela todos os seus segredos em fotos reais ”hands-on”

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho. Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.