AMD alerta para problemas de desempenho do Windows 11 em jogos

Carlos Oliveira
Comentar

O Windows 11 chegou finalmente aos utilizadores esta semana. Após meses de espera, o novo sistema operativo está finalmente disponível, embora não para qualquer computador.

Uma das valências prometidas para o Windows 11 seria no ramo gaming. A Microsoft prometeu que este seria o melhor Windows para esta tarefa, porém, tal não se está a confirmar em alguns equipamentos.

Processadores AMD registam quebras de 15% no seu desempenho

Perante o sucedido, a AMD emitiu um esclarecimento no seu site oficial. Aí, a empresa de semicondutores dá conta de que os seus processadores enfrentam problemas de desempenho no Windows 11.

Windows 11

De acordo com os dados da AMD, aplicações convencionais registam quebras de desempenho a rondar os 5%. O pior cenário regista-se nos jogos, com quebras a ascender aos 15%.

Todos os processadores da AMD que suportam oficialmente o Windows 11 são fustigados por este contratempo. Ainda assim, são os modelos com menos de oito núcleos e com um TDP acima dos 65W que sofrem.

Na origem deste problema está a latência registada pela cache L3 dos chips em questão. Este atraso triplicou e afetará com maior significado os jogos que recorram ao subsistema de memória do processador, como é o caso de Dota 2 ou CS: GO.

A AMD nota ainda um problema relacionado com o direcionamento de algumas tarefas. Em causa está o não redirecionamento de algumas tarefas mais exigentes para os núcleos mais potentes.

Em breve será disponibilizada uma correção pela AMD

Felizmente, a empresa informa que já se encontra a trabalhar numa resolução para o problema. Conta com a ajuda da Microsoft neste processo que se pretende o mais célere possível.

Nesse sentido, a AMD promete disponibilizar uma correção brevemente. Até lá, aconselha-se paciência àqueles que se veem afetados por este problema.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.