ALERTA Xiaomi: não atualizem o smartphone Mi A3 com Android 11

Rui Bacelar
1 comentário

O smartphone Xiaomi Mi A3 começou a receber a atualização para a mais recente versão do sistema operativo da Google, o Android 11, mas os primeiros relatos de utilizadores apontam falhas catastróficas. Após a atualização o smartphone "morre". Não atualizem!

Através das redes sociais, principalmente o Twitter, mas também o Facebook e canais oficiais da Xiaomi, vemos já um acumular de queixas perante smartphones que deixam de funcionar. Note-se que esta é uma atualização oficial de firmware (software de sistema).

Não atualizem o Xiaomi Mi A3 para o Android 11

@XiaomiIndia Today received A11 update to my Mi A3 and after installing it and restarting the device, phone is completely dead. Neither it is charging nor switching on. What the hell is this? My phone is completely dead on new year eve.@XiaomiSupport @manukumarjain

— Mohammad Mahefooz 🎯 (@Mahefooz) 31 de dezembro de 2020

A atualização de firmware pesa cerca de 1,4 GB - espaço necessário para a mesma, sendo uma atualização geral do sistema. Para todos os efeitos, traz melhorias no sistema de notificações e respetiva aba, as bolhas de conversação, melhor gestão do sistema de permissões e alertas de privacidade do utilizador, bem como uma otimização geral do desempenho e funcionamento.

Há ainda um novo "Modo Não perturbe" com mais opções de personalização para o utilizador, além da otimização do consumo energético e mais opções nas Definições. Há boas melhorias no Android 11 da Google, mas não com este pacote de firmware.

Isto é, apesar de as novidades serem tentadoras e este smartphone Xiaomi ter esperado bastante para delas usufruir, aconselhamos os leitores a esperar um pouco mais. São já vários os relatos que apontam falhas muito graves após instalar este firmware.

O Android 11 tem várias novidades para o Mi A3, mas para já é melhor esperar

Xiaomi Mi A3 novidades

Acima podemos ver o changelog oficial da Google, bem como o rol de melhorias e novidades para o smartphone em questão. Infelizmente este update está inquinado de falhas graves que estão a "matar" algumas unidades do dispositivo móvel.

O "erro" fatal dá-se após a reinicialização que sucede à instalação normal do novo software de sistema. As queixas são similares e apontam que após esta mesma atualização e habitual reinicialização, o smartphone deixa de responder. Não apresentando sequer sinais de vida quando ligado à corrente para carregar. O alerta foi dado nesta manhã de vésperas de ano novo.

A atualização está a ser distribuída via OTA (over the air) pelo que os utilizadores em Portugal e no resto do Mundo estarão prestes a receber a notificação de update disponível. Assim que esta chegar, aconselhamos a esperar alguns dias, ou ignorar a mesma.

A atualização para Android 11 está em curso via OTA

Eu não acreditava mais e para a minha surpresa, ANDROID 11 PARA O XIAOMI MI A3, está aí o print.Valeu Adriano.#android11#mia3 #xiaomimia3 https://t.co/EPVaq0SBOW

— Andrei (@Linuxbrs1) 31 de dezembro de 2020

Apesar de nem todas as unidades serem afetadas, perante a gravidade da falha aconselhamos os utilizadores a esperar alguns dias até que chegue o pacote com correções. Aliás, surgem também outros relatos que apontam falhas no funcionamento do Dual-SIM, entre outras instabilidades no correto funcionamento do Xiaomi Mi A3.

Relembramos que durante a atualização para o Android 10, o Xiaomi Mi A3 viu a sua distribuição suspensa em três instâncias. Só à quarta tentativa é que o dispositivo receberia uma versão estável que não apresentava problemas para os utilizadores.

Perante tal histórico, voltamos a aconselhar os leitores a aguardar pelo menos alguns dias antes de instalar o Android 11.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.