Achas que a PS5 tem pouco espaço? A Sony não concorda

Bruno Coelho
Comentar

Esta quinta-feira a PlayStation 5 chega oficialmente a Portugal, uma semana depois de já ter aterrado em países como os Estados Unidos. Nesse sentido, o CEO da Sony Interactive Entertainment deu uma entrevista ao The Telegraph.

Jim Ryan foi confrontado com vários temas que têm sido mais polémicos. E um deles é o espaço no SSD que é de 825GB. No entanto, cerca de 20% desse valor vai para o sistema operativo, sobrando somente 664GB.

Jim Ryan diz que não existem queixas de falta de espaço na PS5

Jim Ryan referiu que os consumidores não se têm queixado da falta de espaço. “Não temos ouvido isso. Obviamente vamos ver o que acontece quando as pessoas começarem a usar as suas PlayStation 5. Penso que não existirão problemas”, afirma o executivo.

PS5

A grande razão para esta convicção do CEO da Sony tem a ver com o espaço de 500GB que vimos em PS4 mantidas durante vários anos. Como muitos conseguiram gerir esse espaço, o CEO não espera que agora existam problemas.

Embora muitos jogos não devam ser um problema, é bom relembrar que títulos como Call Of Duty: Black Ops Cold War podem ocupar acima de 150GB. Por isso, os jogadores mais afincados terão de aprender a fazer gestão de espaço na nova consola.

Recorde-se que esta "limitação" de espaço poderá ser minoritária de o utilizador optar por instalar apenas parte do jogo. Por exemplo, no referido Call Of Duty é possível instalar apenas a história principal ou o modo multijogador.

Enquanto jogador mais casual, penso que não terei problemas com esta quantidade de armazenamento na possível compra da PS5, e é a esse tipo de público que Jim Ryan se refere. Ainda assim, com os jogos a ficarem cada vez maiores, os jogadores mais intensivos poderão sofrer com alguns problemas de espaço.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.