Xiaomi TV Stick 4K pode ser finalmente lançado na Europa esta semana

Bruno Coelho
Comentar

Durante o mês de dezembro, a Xiaomi tornou oficial um produto muito aguardado. A fabricante chinesa partilhou na sua página oficial global o Xiaomi TV Stick 4K, mas sem revelar data de lançamento ou preço de venda.

Esta semana, a Xiaomi tem um evento global marcado para 26 de janeiro. Esse servirá para a apresentação dos Redmi Note 11, mas o Xiaomi TV Stick 4K pode ser um dos produtos a ser formalmente lançado.

As a portable 4K streaming media player, #XiaomiTVStick4K makes sure to deliver a smart and fantastic entertainment experience! Check the image below for more details! #StreamIn4KAnywhere #SmartLivingForEveryone Learn more: https://t.co/0ImJuY5ik1 pic.twitter.com/C0UmIOZCRr

— Xiaomi (@Xiaomi) 22 de janeiro de 2022

Em publicações na rede social Twitter, a Xiaomi começou nos últimos dias a promover o produto. Desta forma, indica que o lançamento global está próximo e pode acontecer ainda durante esta semana.

O Xiaomi TV Stick 4K nada mais é que uma versão melhorada do Xiaomi Mi TV Stick original que testámos durante 2020. Destaca-se por conseguir oferecer reprodução de vídeo até 4K, quando a versão original se ficava pelo Full HD.

Conta com suporte para Dolby Atmos e Dolby Vision, que te dará garantias de qualidade sonora e de vídeo em conteúdos selecionados. E promete chegar de fábrica com Android TV 11 para teres uma das versões mais recentes do sistema operativo.

Xiaomi TV Stick 4K tem 2 GB de RAM

O Xiaomi TV Stick 4K chega com um processador quad-core Cortex-A35, 8 GB de armazenamento interno e uns essenciais 2 GB de memória RAM. Recorde-se que a anterior versão tinha apenas 1 GB de RAM.

Vamos assim ficar atentos ao evento da Xiaomi desta semana, na esperança de que o Xiaomi TV Stick 4K tenha data de lançamento e preço anunciados.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.