Ao efetuar uma compra através dos links deste artigo, o 4gnews pode ganhar uma comissão. Conheça o nosso processo de seleção de produtos.

Xiaomi tem o smartphone mais vendido no Amazon Prime Day. Preço continua apelativo

Bruno Coelho

Nos últimos dois dias realizou-se a época de descontos mais importante do ano na Amazon. O Prime Day durou dois dias, esta segunda e terça-feira, e foi da Xiaomi o smartphone mais vendido durante este período.

O POCO X3 Pro conseguiu o trono no que diz respeito aos equipamentos mais vendidos na plataforma durante estes dois dias. E para isso contribuiu o desconto massivo a que esteve disponível.

Com um preço base de 249 €, foi possível comprar o POCO X3 Pro durante o Prime Day a 169 € na versão de 6GB de RAM e 128GB de armazenamento. Essa promoção era exclusiva para membros, mas o terminal mantém-se disponível a um preço bastante atrativo.

POCO X3 Pro mantém-se com preço. atrativo após o Amazon Prime Day

À data de escrita deste artigo, podes ainda adquirir o POCO X3 Pro a 184,66 € na Amazon de Espanha. Podes aceder a este desconto sem ter de subscrever o Prime, e os portes para Portugal são gratuitos.

Sabe mais sobre preços e envios do POCO X3 Pro

Xiaomi POCO X3 Pro

Por este valor, o POCO X3 Pro tem pergaminhos simplesmente imbatíveis nesta faixa de preço. A começar pelo seu processador com desempenho de topo de gama, o Snapdragon 860. A isto junta-se também o armazenamento UFS 3.1, com boas velocidades de escrita e leitura.

O ecrã é outro dos seus grandes destaques. São 6,67” polegadas de um painel IPS LCD com taxa de atualização de 120Hz para maior fluidez. Podes ainda esperar uma considerável bateria de 33W.

É bom referir que o equipamento tem outras características raras para esta faixa de preço. Dispõe de certificação IP53 contra poeiras e salpicos, e ainda altifalantes estéreo. De referir ainda a inclusão de Rádio FM, NFC e entrada para jack 3.5mm.

Sabe mais sobre preços e envios do POCO X3 Pro

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.