Xiaomi RedmiBook Pro: novos portáteis com data de lançamento e especificações reveladas!

Abílio Rodrigues
Comentar

Parece que o dia 25 de fevereiro será inesquecível para a Redmi e para os seus fãs. Para além da chegada dos novos smartphones K40 a marca vai também levantar o véu sobre o seu novo computador portátil RedmiBook Pro 15.

A Redmi prometeu já que estes serão os seus portáteis mais finos e poderosos de sempre, aliando desempenho a uma estética minimalista e contemporânea.

Xiaomi RedmiBook Pro 15 chega na próxima semana

Xiaomi RedmiBook Pro 15
Vislumbre do Xiaomi RedmiBook Pro 15

Os seus principais traços exteriores serão uma construção em alumínio com teclado retroiluminado, com as imagens promocionais a mostrarem alguns elementos de conetividade como entrada USB- C e porta HDMI de tamanho convencional.

A alimentar este computador vai estar um processador Intel de 11ª geração, mais concretamente um Tiger Lake H35 i7-1137OH com quatro núcleos de processamento e 8 threads auxiliares.

Os gráficos ficam a cargo de uma Nvidia GeForce MX450 que trabalhará em conjunto com um Iris Xe para máximo desempenho.

A marca já garantiu também a existência de uma versão com processador Core i5, que deve ser a escolha de eleição dos que procuram uma solução mais em conta para produtividade e algumas tarefas mais exigentes.

RedmiBook Pro 15S terá direito a versões com CPU AMD

Os fãs da AMD ficarão felizes em saber que estão programadas versões com processadores Ryzen, mais concretamente Ryzen 5 5600H e Ryzen 7 5800H. No entanto, o nome deste modelo será RedmiBook Pro 15S.

Uma breve análise ao desempenho do Xiaomi RedmiBook Pro 15 no Geekbench aponta para o recurso a 16 GB de memória RAM, quantidade ajustada aos demais componentes e às necessidades atuais.

Para já não foram avançados preços para os vários modelos, pelo que teremos de esperar pela próxima segunda-feira para satisfazer essa curiosidade.

Editores 4gnews recomendam:

Abílio Rodrigues
Abílio Rodrigues
Apaixonado por tecnologia desde que montou o seu primeiro computador, continua em fase lua-de-mel com tudo o que envolva um processador e permita umas sessões videolúdicas.