Xiaomi Redmi Note 12: versão global não terá detalhe mais sonante

Bruno Coelho
Comentar

Neste final de outubro serão apresentados os novos smartphones de gama-média da Xiaomi. Os Redmi Note 12 vão ser apresentados na China com uma característica sonante que não teremos na versão global.

Ao que vem sendo indicado pelas fugas de informação, na China, o Redmi Note 12 Pro+ vai chegar com carregamento rápido de 210 W. Este será o primeiro equipamento da marca com tal característica. Mas o leaker Sudhanshu Ambhore afirma que estes serão equipamentos bem diferentes das versões chinesas.

Some insights about Redmi Note 12 Series Global version:-Global version will be entirely different from Chinese version-Won't support 210W fast charging-Launch in Q1 2023https://t.co/PfaxsLfvZS

— Sudhanshu Ambhore (@Sudhanshu1414) 23 de outubro de 2022

Redmi Note 12 globais não terão carregamento de 210 W

À semelhança do que aconteceu com a geração anterior, os Redmi Note 12 serão apresentados este mês na China. Contudo, só são esperados nos mercados globais no início de 2023.

Como referimos acima, à semelhança dessa geração, serão equipamentos com várias diferenças para as versões chinesas. E tudo começa no detalhe sonante do carregamento de 210 W que não estará disponível na versão global.

À semelhança do que fez no passado, a Xiaomi deve querer implementar esta característica no mercado interno e ver como corre. Como tal, só no futuro devemos ver um smartphone global da marca com tal preceito.

O que não deve falhar nestes equipamentos é a manutenção de ecrãs AMOLED, bateria de 5000 mAh e uma câmara principal de 50 MP. Os modelos mais potentes são esperados, na China, com o processador MediaTek Dimensity 1080.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Colabora com a 4gnews desde 2017, e faz parte da redação desde 2019. Come especificações ao pequeno-almoço. brunocoelho@4gnews.pt