Xiaomi Redmi 5 Plus obteve certificação e já tem data de lançamento

David Ventura
Xiaomi Redmi 5 Plus
Xiaomi Redmi 5 Plus

A Xiaomi está novamente enrolada na maré dos rumores e especulações, tudo isto enquanto a 5ª edição da linha Redmi não é oficializada. Tudo indica que o novo Xiaomi Redmi 5 Plus venha com construção sem margens, ou seja, estaremos a ver um painel sem bezels em telefones de gama média / baixa. Se isto se confirmar, UAU.

Vê também: Samsung Galaxy S9: renders do smartphone mostram possíveis abordagens

O organismo de certificação chinês de smartphones TENAA (Telecommunication Equipment's Network Acces Managements) oficializou esta semana dois terminais com a codificação MEE7 e MET7.

Uma vez que os nomes são semelhantes e provêm da mesma fabricante, podemos assumir com alguma certeza que virão não uma, mas duas variantes deste terminal. Aquilo que difere entre elas será certamente a região do globo em que irão estar disponíveis.

Segundo a publicação mydrivers, hoje o organismo tailandês NCC dá conta de um outro terminal com o código MEG7, referindo-se a ele como o Xiaomi Redmi 5 Plus.

O novo Xiaomi Redmi 5 Plus deverá ser oficializado já no próximo mês de novembro

Como características este Xiaomi Redmi 5 Plus irá contar com um ecrã de 5.99 polegadas, resolução Full HD+ 2160 x 1080 pixels com proporção de 18:9. A nível de processador o que está a ser aclamado é o Qualcomm Snapdragon 625, assim como o Snapdragon 425 para versões mais acessíveis. No campo da fotografia dispõe de uma câmara traseira de 12 megapixeis e uma frontal de 5 megapixeis.

O Android que irá temperar este Xiaomi Redmi 5 Plus será o Nougat na versão 7.1.2, acompanhado por uma bateria de 4000 mAh, mais que eficiente para uma utilização diária intensiva.

O lançamento dos Xiaomi Redmi 5, Note 5 e Redmi 5 Plus estará a ser equacionado para o dia 11 de Novembro, tudo isto para coincidir com o festival de compras chinês, Single's Day, uma espécie de black friday oriental.

O CEO da Xiaomi, Lei Jun, aponta para que a fabricante chinesa venda neste ano de 2017, 90 milhões de equipamentos em todo o mundo. Estando prestes a lançar mais uma edição de um smartphone que já conta com uma reputação solidificada nos continentes asiático, europeu e americano, será um objetivo alcançável para a fabricante e um motivo de orgulho.

Outros assuntos relevantes:

Oppo F5 é oficial! O smartphone que parece um iPhone 7 com ecrã 18:9

OnePlus 5T será apresentado no dia 16 de novembro revela a Amazon

Conceito do Microsoft Surface Note revela a potencialidade do produto