Xiaomi: próximo smartphone de topo será Ultra ou Mix Pro?

Mónica Marques
Comentar

Aparentemente, a Xiaomi está a viver um dilema: deverá avançar com o modelo 12 Ultra da sua nova série flagship ou aposta todos os trunfos no novo modelo Mix 5 Pro?

De acordo com notícias divulgadas hoje, o modelo 12 Ultra pode ser adiado para dar lugar ao Xiaomi Mi Mix 5 Pro que parece ser o smartphone mais poderoso da fabricante chinesa.

Novas informações apontam para que a Xiaomi lance o "todo poderoso" Mi Mix 5 Pro

A fechar o ano de 2021, a marca chinesa revelou a sua série flagship de smartphones Xiaomi 12 que incluía o modelo padrão, o 12X e o 12 Pro. Na altura, era muito falado que posteriormente chegaria o 12 Ultra, sendo este o terminal mais avançado desta série e até do portfólio da marca.

No entanto, novos rumores reforçam a ideia de que a Xiaomi pode adiar o lançamento deste modelo 12 Ultra para concentrar todos os seus esforços em dois novos smartphones da inovadores série Mix, sendo que o Mix 5 Pro seria o grande responsável pelo "desaparecimento" do modelo 12 Ultra.

A informação chega através do site LetsGoDigital que avança que o Mi Mix 5 Pro pode mesmo vir a tornar-se o terminal mais poderoso da Xiaomi. A avaliar pelos seus antecessores será com certeza inovador.

Aliás, tradicionalmente é nesta série Mix que a Xiaomi gosta de inovar (ainda) mais. Recorde-se que o Mi Mix 4 foi o primeiro modelo com uma câmara sob o ecrã e espera-se que o Mi Mix 5 tenha também esta característica.

Xiaomi terá otimizado a tecnologia da câmara sob o ecrã

Xiaomi Mi Mix 5 Pro
O site LetsGoDigital avançou com renderizações do smartphone que poderá ser o mais poderoso da Xiaomi Crédito@LetsGoDigital

Mas em melhor. Ultimamente tem sido falado que o Mi Mix 5 Pro pode integrar uma câmara frontal de 48 megapixéis sob o ecrã. A confirmar-se este é um salto gigante relativamente ao antecessor que conta com uma câmara para selfies de 20 megapixéis.

Por outro lado, alguns rumores indicam também que a Xiaomi otimizou a tecnologia da câmara sob o ecrã e que conseguiu que esta recolhesse luz suficiente para gravar vídeos e fotos de alta qualidade.

Isto já para não referir que a grande vantagem de uma câmara estar embutida no ecrã é que este ganha espaço de exibição de conteúdos, uma vez que não conta com um recorte ou entalhe a ocupar espaço precioso.

E por falar em ecrã, algumas fontes avançam que o Mi Mix 5 Pro pode estar equipado com um ecrã AMOLED de 6,73 polegadas com uma resolução WQHD+ e uma taxa de atualização de 120 Hz. É ainda poantado que tenha um brilho máximo de 1500 nits e que tenha suporte para HDR10 e Doly Vision.

Série Mi Mix 5 pode ser a primeira a apresentar câmaras Leica

Xiaomi Mi Mix 5 Pro
Depois de terminar a colaboração com a Huawei, a Leica pode ter-se tornado parceira da Xiaomi Crédito@LetsGoDigital

Na configuração de câmara traseira é apontada uma câmara primária de 50 megapixéis com zoom ótico de, pelo menos 5X, complementada por um sensor ultra grande angular de 48 megapixéis e um sensor telefoto também de 48 megapixéis. Para já, são desconhecidos detalhes sobre a quarta câmara que estará incluída.

Agora um pormenor bastante relevante no que diz respeito à parte ótica: os modelos Xiaomi Mi Mix 5 e 5 Pro provavelmente vão ser os primeiros equipamentos a integrar câmaras Leica. Desde que a marca alemã terminou a sua colaboração com a Huawei no ano passado que a Xiaomi é apontada como a atual parceira da Leica.

É igualmente provável que o Mi Mix 5 Pro tenha aos comandos o Snapdragon 8 Gen 1 da Qualcomm emparelhado com 12 GB de RAM, sendo que o armazenamento interno poderá ter uma capacidade de 256 GB.

Outra especificação apontada para ester terminal é que inclua o novo processador de imagem da marca Surge C2 ISP e que tenha suporte para comunicações 5G.

Podemos finalmente ter acesso ao carregamento rápido de 200 watts

De resto, espera-se que o terminal seja alimentado por uma bateria robusta de 5000 mAh com suporte para carregamento rápido de 200 watts com fios e 50 watts sem fios.

Recorde-se que este carregamento rápido foi apresentado em maio do ano passado e que, na altura, a marca avançou que a produção em massa ia ocorrer em 2022.

E, uma vez, que a série Mi Mix é conhecida por ser inovadora esta pode ser mais uma das tecnologias pioneiras que a marca pode incluir no seu prometedor Mi Mix 5 Pro.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.