Xiaomi pode antecipar-se à Tesla com este trunfo para os carros elétricos

Rui Bacelar
Comentar

O mais audaz plano da Xiaomi coloca a empresa de Lei Jun frente a frente com a Tesla de Elon Musk. Mostrando-se confiante no trabalho da sua equipa, o CEO da fabricante chinesa já em ocasião passada demonstrara a total confiança nos seus produtos. Agora, de acordo com um novo rumor, podemos ter o primeiro carro elétrico com capacidades de condução autónoma pronto já em 2024.

Em primeiro lugar a Xiaomi colocará nas estradas um sedan de 5 portas, com condução autónoma, a estrear na China. O veículo elétrico autónomo será integralmente produzido pela fabricante chinesa e usufruirá de toda uma suite de tecnologia em desenvolvimento na China.

Tesla tem vantagem de 10 anos no mercado de carros elétricos

Tesla entered the EV industry more than 10 years ahead of us. Some people think that we already missed our window to enter the market, but I disagree. The race is just getting started, and I think Xiaomi has plenty of opportunities. pic.twitter.com/h6aqMytZgG

— leijun (@leijun) 8 de setembro de 2022

Segundo Lei Jun, o segmento dos veículos elétricos atinge agora um novo patamar, focando-se na integração com o ecossistema de Smart Living. O homem forte da Xiaomi quer que a sua empresa seja uma das primeiras a somar o carro elérico ao portefólio de produtos IoT que, nos próximos anos, poderemos vir a adicionar à nossa casa inteligente ou Smart Home.

Os rumores que agora dão conta da preparação de um carro elétrico com condução autónoma, ou capaz de condução autónoma, vêm reforçar este ponto. A fabricante estará empenhada em colocar um veículo pronto nas estradas, apto para o mercado até 2024.

Segmento dos veículos elétricos atingiu um novo patamar, rumo à Smart Home

The EV business is a new development that we must play a major role in, especially as the global smartphone market reaches maturity. It is one of the key drivers of our continued growth in the future, and an essential part of Xiaomi's smart living ecosystem.

— leijun (@leijun) 12 de setembro de 2022

Visando atingir tal premissa, a Xiaomi tem estabelecido várias parcerias junto das principais tecnológicas como a BAIC, no seu país natal. Porém, nem todas as parcerias terão chegado a bom porto, com a Xiaomi a preferir caminhar sozinha na maior parte das etapas e desafios.

Assim sendo, a empresa de Lei Jun continua a aperfeiçoar a sua tecnologia de condução autónoma apelidada de Xiaomi Pilot. A mesma baseia-se num sistema de LiDAR e incorpora um sistema de radar desenvolvido pela tecnológica chinesa. Para além disso, colhe informações de vários outros sensores a serem incorporados nos seus veículos elétricos.

Lei Jun quer uma Xiaomi capaz de se afirmar não só perante a Tesla, marca paradigmática neste mercado, mas também frente às demais rivais. Para tal, continuará a dedicar grande atenção a este segmento, com todos os fundos de que este necessitar.

Keep innovating, keep evolving. The joy comes from the journey. #MondayMotivation pic.twitter.com/Uk9ZIP6lLQ

— leijun (@leijun) 12 de setembro de 2022

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com