Xiaomi POCO F4: este é o design oficial do smartphone

Bruno Coelho
Comentar

Será uma questão de dias até ser lançado um dos smartphones mais aguardados da Europa. Falo do POCO F4, da submarca da Xiaomi, que é esperado no mercado ainda durante este mês de junho.

O equipamento tem surgido em várias fugas de informação, com o seu design a ser tudo menos um segredo. Mas nos últimos dias, foi a própria marca a confirmar em vídeo o design do smartphone.

pic.twitter.com/J7Oih8yLsZ

— POCO India (@IndiaPOCO) 14 de junho de 2022

POCO F4 será a versão global do Redmi K40S

Através de um vídeo na rede social Twitter, a conta oficial da POCO India partilhou o aspeto do POCO F4. E fica confirmado que o smartphone será mesmo a versão global do Redmi K40S, lançado na China.

Isto significa também que devemos esperar que tenha características semelhantes. Desta forma, o terminal é esperado com o processador Snapdragon 870. Esta é provavelmente a característica menos sonante, já que é o mesmo processador do POCO F3.

A juntar a isto espera-se um ecrã AMOLED de 6,67 polegadas, com taxa de atualização de 120 Hz, resolução Full HD+ e pico de brilho de 1300 nits. A destacar ainda o facto de ter altifalantes estéreo.

No campo da fotografia, deve chegar com uma câmara principal de 48 MP, com estabilização ótica de imagem. Esta será acompanhada por uma ultrawide de 8 MP e macro de 2 MP. A câmara frontal será de 20 MP.

O terminal vai chegar com uma bateria com 4500 mAh e carregamento de 67 W. Tal dar-lhe-á a possibilidade de carregar na totalidade em 38 minutos. Adicionalmente podes esperar NFC, sensor de impressões digitais na lateral, Bleutooth 5.2 ou resistência a salpicos.

As últimas fugas de informação dão conta de que o smartphone pode ser apresentado na Índia, já no domingo, 19 de junho. Mas a Xiaomi ainda não o confirmou. A apresentação global também é esperada nos próximos dias.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.