Xiaomi Mi TV Q1 75 tem um grande senão nos 120 Hz para a PS5

Rui Bacelar
1 comentário

A nova televisão da Xiaomi tem caraterísticas incríveis para o preço atual de 1 599 €, valor promocional de lançamento. Entre os seus destaques conta-se o ecrã QLED com resolução 4K e a capacidade de reproduzir conteúdos com taxa de atualização até 120 Hz.

Durante a apresentação do produto, em fevereiro último, a Xiaomi afirmou ter-se inspirado na televisão Samsung QLED Q80T com preço recomendado de venda ao público de 2 199 €, ao passo que a sua alternativa custa uma fração desse valor. Mas há um senão.

A Xiaomi Mi TV Q1 4K é capaz de reproduzir conteúdos em 4K, ou a 120 Hz

O primeiro lote de televisores Xiaomi Mi QLED TV Q1 75 foi vendido em Portugal por 999 €, um preço incrivelmente baixo. Infelizmente só estavam disponíveis 20 unidades para o nosso país com este valor, das quais tentamos adquirir uma, sem sucesso.

Em menos de 60 segundos o lote de Smart TVs Xiaomi desapareceu do website, o que nos impediu de ter acesso a um modelo. No entanto, como avança também a publicação PC Guia, afinal esta incrível TV 4K não faz os 120 Hz quando seria de esperar.

Isto é, ou reproduz conteúdos em resolução 4K (Ultra-HD- 3840 x 2160 pixeis), ou reproduz conteúdos com alta taxa de atualização até 120 Hz. Não faz ambos em simultâneo como seria de esperar pelo material publicitário e listagem do produtos.

Não é a TV perfeita para a PS5 se quiseres tirar proveito da máxima resolução e taxa de atualização ao mesmo tempo.

Aliás, não é a Smart TV ideal para qualquer das consolas de nova geração se queres tirar proveito da resolução Ultra-HD e taxa de atualização dos conteúdos até 120 Hz. Mantém uma estupenda relação preço / qualidade, mas omite uma verdade inconveniente.

A verdade inconveniente - não é a Smart TV ideal para a PS5 ou XBX

Xiaomi Mi TV
A listagem do produto na loja oficial da Xiaomi, a Mi Store Portugal,

Entre as caraterísticas técnicas destacamos o ecrã com tecnologia QLED, capaz de reproduzir 95% do espectro de cores DCI-P3. Aliás, é uma das poucas Smart TV no mercado com a certificação HDR10+ e Dolby Vision, garantindo uma maior riqueza de cor e intervalo dinâmico para uma imagem mais equilibrada e realista.

O seu "coração" é o processador MT9611 da MediaTek, a maior fabricante de processadores para televisores. Este SoC tem quatro núcleos de processamento com frequência máxima de 1,5 GHz, Cortex A55, sendo auxiliado pela gráfica Mali G52.

Este é o mesmo processador - MT9611 - que a Xiaomi usa no modelo de 65 polegadas, também com resolução 4K, a Smart TV MI LED TV 4S 55. Este pode ser o principal fator condicionante da Xiaomi Mi TV Q1 4K.

Televisão Mi QLED TV Q1 75'

A ficha técnica inclui também 2 GB de memória RAM e 32 GB de armazenamento. Está servida por 2 portas HDMI 2.0, 2 portas USB e 1 porta USB 2.1 que a tornaria ideal para ligar à PS5 ou à nova geração de consolas Xbox.

Apontamos ainda o suporte para a tecnologia MEMC, ângulo de visão de 178º, modo de baixa latência (ALLM) e sistema operativo Android 10 da Google. Suporta ainda as assistentes virtuais Alexa da Amazon e Assistente Google.

Por fim, a componente sonora está assegura por um sistema composto por 6 altifalantes para uma potência combinada de 30 W. Sem esquecer a conexão Wi-Fi, bem como o Bluetooth 5.1 e porta Ethernet para mais opções de conetividade.

A Xiaomi está a ser incorreta na forma como apresenta a Mi TV Q1 4K

Foi com base nas análises (reviews) internacionais - as que realmente podem ser apelidadas de tal - que a esta discrepância foi detetada. Veja-se acima a exposição do youtuber David Nogueira sobre a resolução 4K e a taxa de atualização a 120 Hz.

O consumidor é levado a pensar que poderá desfrutar de conteúdos em resolução 4K com a máxima taxa de atualização a 120 Hz, mas não. Terá que optar por um dos dois, ficando assim impedido de tirar máximo proveito das consolas PS5 ou XBX.

Mi Store FR

Atente-se no aviso presente na filial francesa das lojas Mi Store.

  • "Le produit ne prend pas en charge le décodage de contenu en 4K 120fps natif (entrée) en raison de limitations matérielles. Il est capable de mettre à l'échelle le contenu source pour produire un affichage de 120 images par seconde en utilisant la technologie MEMC
  • Prise en charge HDMI 2.1 eARC/ALLM, ne prend pas en charge la 4K 120Hz/VRR via HDMI".

Traduzindo para português:

  • O produto não oferece suporte à descodificação de conteúdo nativo de 4K 120fps (entrada) devido a limitações de hardware. É possível dimensionar o conteúdo de origem para produzir uma exibição de 120fps usando a tecnologia MEMC.
  • Suporta HDMI 2.1 eARC / ALLM, não suporta 4K a120 Hz / VRR via HDMI

Este aviso não se encontra presente na página de produto na filial portuguesa das lojas Mi Store.

Antes de ires, descobre as melhores razões para comprar esta Smart TV Xiaomi, com os principais destaques do produto em Portugal.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.