Xiaomi Mi Band 5: as respostas para todas as tuas dúvidas

Bruno Coelho
1 comentário

A Xiaomi Mi Band 5 chegou à 4gnews há uma semana. Reunimos os comentários feitos pelos nossos leitores nas várias plataformas, e trazemos-te agora as respostas para todas as tuas dúvidas sobre a smartband mais popular do momento.

O objetivo deste artigo é que todas as tuas dúvidas em relação à pulseira inteligente fiquem esclarecidas. Por isso, se não encontrares a resposta que procuravas no artigo, deixa-nos um comentário, que este será atualizado.

Xiaomi Mi band 5

A Xiaomi Mi Band 5 tem NFC?

Não, a versão global da Xiaomi Mi Band 5 não tem NFC. Essa é, para já, uma funcionalidade exclusiva da versão chinesa. Apenas existem rumores de que essa funcionalidade possa chegar numa versão Pro.

A Xiaomi Mi Band 5 tem integração com a Amazon Alexa?

Não. Apesar de os rumores iniciais assim o indicarem, a smartband não tem nenhuma integração com a assistente virtual da Amazon.

A Xiaomi Mi Band 5 tem medição de SpO2?

A Xiaomi Mi Band 5 não tem oxímetro, que tornaria possível fazer a medição de SpO2. Ou seja, esta não traz a possibilidade de medir os níveis de oxigénio no sangue.

As pulseiras da Xiaomi Mi Band 4 servem na Xiaomi Mi Band 5?

Sim e não. Podes colocar as pulseiras da Mi Band 4 na Mi Band 5. Contudo, a zona onde estas são aplicadas na Mi Band 5 é maior, e isso faz com que não vão ficar convenientemente aplicadas. Abaixo deixo-te o exemplo em imagem.

Xiaomi Mi Band 5
Xiaomi Mi Band 4 (esq.) e Xiaomi Mi Band 5 (dir.)

A Xiaomi Mi Band 5 consegue medir a temperatura do corpo?

Não, este modelo não tem essa funcionalidade.

A Xiaomi Mi Band 5 tem conetividade com iOS?

Sim. Tal como os modelos anteriores, a nova Mi Band 5 tem compatibilidade com iOS. Para tal, só tens de ter iOS 10.0 ou superior.

O brilho da Xiaomi Mi Band 5 é melhor que na Mi Band 4?

Sim. A Mi Band 5 tem um brilho máximo de 450 nits, enquanto que o modelo anterior se fica pelos 400 nits. Esta é uma diferença notória se colocares ambos os modelos lado a lado. No entanto, a diferença no dia a dia é quase impercetível.

Xiaomi Mi Band 5
Xiaomi Mi Band 4 (esq.) e Xiaomi Mi Band 5 (dir.)

O carregamento magnético é compatível com o modelo anterior?

Não. O novo carregador magnético só pode ser usado numa Mi Band 5.

A Mi Band 5 tem menus em português?

À data de escrita deste artigo, a Mi Band 5 ainda não tem menus em português. Por enquanto terás de contentar-te com inglês sendo que, habitualmente, a atualização para português chega por volta do outono.

A versão chinesa da Mi Band 5 vai ter menus em português?

O idioma na pulseira é alterado a partir da app. Por isso, assim que os menus em português ficarem disponíveis, também os vais poder ativar se tiveres uma versão chinesa. Pelo menos, assim aconteceu com a Mi Band 3 e Mi Band 4.

O sensor de batimentos cardíacos está melhor na Mi Band 5?

A Xiaomi diz-nos que o sensor de batimentos cardíacos está 50% mais efeito neste novo modelo. E, após uma semana de utilização, posso comprovar esta maior qualidade.

A monitorização do sono foi melhorada Mi Band 5?

Sim. Tanto na hora de adormecer como na hora de acordar, notam-se melhorias face ao modelo anterior. Além disso, se fizeres pequenas sestas, estas também são monitorizadas de forma conveniente.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.