Xiaomi Mi Band 3: a nova pulseira terá sido exposta acidentalmente

Rui Bacelar
Lei Jun, CEO da Xiaomi com o Black Shark, o novo smartphone para gaming da empresa chinesa.

É uma das gamas de produtos mais populares da fabricante chinesa fundada em 2010 por Lei Jun que em maio deverá passar a ser uma Black Shark da sua subsidiária. Ao que tudo indica, esta será a Xiaomi Mi Band 3, a nova geração do produto que bateu vários recordes de vendas por todo o globo.

Vê ainda: vai tornar-se numa empresa de capital aberto em Maio

Em 2018 já se celebram dois anos sobre o lançamento da Mi Band 2 e, naturalmente, a Xiaomi prepara agora uma nova versão. Ora, antes da sua apresentação é normal que o produto seja testado em condições da vida real. Algo que o torna susceptível a fugas de informação.

Terá sido exatamente isso que aconteceu recentemente, no dia em que ficamos a conhecer o Black Shark, 13 de abril. Com efeito, esta Xiaomi Mi Band 3 terá sido exibida na última semana, aquando do evento de apresentação do referido smartphone Android para os jogadores.

Xiaomi Mi Band 3 no pulso de Lei Jun

Note-se que apesar de conhecermos a Xiaomi pelos seus smartphones Android, por já ter entrado em Portugal e por se estar a preparar para entrar nas operadoras, a marca tem um vastíssimo portfólio de produtos. Com efeito, desde escovas de dentes. Termómetros. Bicicletas elétricas. Aparadores de barba. Smart TV's. Powerbanks, também eles muito apreciados pelo seu preço e qualidade. Todavia, poucos produtos conseguem competir com os seus gadgets como as smartbands ou pulseiras inteligentes.

Lei Jun, CEO da empresa chinesa, no evento de apresentação do smartphone Black Shark em Pequim, China.

A Xiaomi Mi Band 3 chegará em 2018...

A Xiaomi lançaria uma primeira Mi Band que fora bem recebida no mercado. Pouco depois surgiria a Mi Band 1S, antes mesmo do terceiro produto, a Xiaomi Mi Band 2. Este último já trouxe um ecrã que nos mostra as horas e todas as informações importantes e relevantes para as funções desempenhadas pela pulseira.

O seu preço foi sempre o principal ponto de venda, com a Mi Band 2 a rondar os 20 a 30 euros, não ultrapassando esta fasquia. O resultado seriam vendas recorde com o produto a tornar-se num autêntico best-seller para a marca. Posto isto, não há dúvidas de que a empresa estará mesmo a desenvolver uma nova geração para um dos seus mais populares segmentos de produtos.

Xiaomi Mi Band 3 apostará num ecrã OLED

As imagens que ilustram este artigo foram colhidas na China, durante o referido evento de apresentação do Xiaomi Black Shark. Com efeito, este smartphone para gamers com um preço abaixo dos 400€ e um poderoso processador, Qualcomm Snapdragon 845, está a dar que falar.

O que esperar do próximo modelo? Vem daí, está na hora de saberes:

Ainda assim, o destaque vai agora para a Xiaomi Mi Band 3 contará agora com um ecrã OLED mais arredondado e um pouco maior. Espera-se que este ecrã seja praticamente edge-to-edge para uma maior imersão e aproveitamento de todo o painel frontal. Com a excepção sendo o botão que já encontramos na geração atual desta smartband.

Preço continuará a ser Low-Cost

Ainda assim, acredita-se que o ecrã da Xiaomi Mi Band 3 seja revestido por plástico e não por vidro, algo que ajudar a manter o produto leve, no pulso e na carteira. Mais ainda, contaremos com uma certificação IP67 para maior resistência aos elementos. Esperamos também que esta Xiaomi Mi Band 3 já traga um leitor de batimentos cardíacos, sensor de aceleração ou acelerómetro. Deverá ainda contar com um motor de vibração para te dar alertas e algumas notificações.

Algo que já foi confirmado anteriormente foi a sua conectividade Bluetooth 4.2 LE, conexão que consumirá menos energia. Em suma, teremos uma Xiaomi Mi Band 3 com ecrã maior, mais autonomia, mais funções, melhor ecrã, mais sensores e, acima de tudo, o mesmo preço.

O produto será fabricado pela sub-marca da Xiaomi, a Huami, tal como já confirmou o CEO desta marca, Huang Wang. Espera-se que a nova geração da pulseira chegue durante este Verão, com a Mi Band 2 continuando a ser um bom investimento.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Huawei Honor 10 revela agora todas as suas características técnicas

Bluboo S3 é oficial com uma bateria de 8500 mAh

Mi A2 a caminho?

Fonte |

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.